Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Leleco de São Gonçalo
Deivid da Silva Oliveira

  • Capturado


    Homicídios

    Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I e IV; Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP) C/C Crime Tentado E Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), incisos I e II; Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), incisos I e II N/F Concurso Material (Art. 69 - Cp)
  • Homicida
  • São Gonçalo e Niterói
  • 18/03/1988
  • CPF - 072.005.469 - 92
  • São Gonçalo
  • Capturado

Histórico

CORE CAPTURA UM DOS CRIMINOSOS MAIS PROCURADOS DE SÃO GONÇALO E APREENDE ARMAS DE FOGO


Prisão CORE dia 23/06/2021



Foragido da Justiça há dez anos, o criminoso usava documento com nome falso

Equipes da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE) realizaram a prisão do foragido da Justiça DEIVID DA SILVA OLIVEIRA, o LELECO, durante uma ação realizada em Realengo, no Rio de Janeiro. LELECO era apontado como um dos criminosos mais procurados de São Gonçalo há dez anos.

No momento da abordagem, LELECO apresentou aos policiais documentos com o nome falso de JOÃO PEDRO PEREIRA ROCHA. Durante as buscas realizadas, foram apreendidas três armas de fogo que pertenceriam ao foragido.


Histórico:


Deivid da Silva Oliveira, o Leleco, de 31 anos, é acusado de assassinar o estudante Victor Hugo da Silva Braga, 15 anos, na Rua Raul Veiga, em São Gonçalo, na noite do dia 04 de Julho de 2011. Até hoje ele se encontra foragido.

A decisão foi da Juíza da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo. Victor Hugo foi executado com um tiro na cabeça, quando se dirigia a uma lanchonete com um grupo de cinco amigos. O adolescente saiu de casa por volta das 22h e andava na frente do grupo com o amigo Eduardo Evangelista Alberto, de 18 anos, quando dois homens em um Palio prata abordaram os jovens. Um dos criminosos saiu do veículo e ordenou que os dois amigos se ajoelhassem no chão. Victor Hugo levou um tiro na cabeça e Eduardo foi alvejado na boca.

Os outros amigos que caminhavam um pouco atrás não se feriram. O autor dos disparos foi reconhecido pelo pai de Victor Hugo e mais duas pessoas, em fotografia apresentada pelo delegado da 74ª Delegacia de Polícia (Alcântara).
Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado ainda em liberdade, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Visite também o Twitter do Portal dos Procurados.