Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Mãe e filha também foram atingidas na perna durante o tiroteio

O Portal dos Procurados divulga nesta quinta-feira (04), um cartaz para ajudar a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá ? DHNSGI ? com informações que levem à prisão Fabricio da Paixão Oliveira, o Jet Lee ou Japinha ou China, de 20 anos. Ele é suspeito de envolvimento na morte de Carlos Alberto Barros Vieira, de 46 anos. O crime aconteceu no dia 07 de fevereiro deste ano, em São Gonçalo. O criminoso já é considerado foragido da Justiça.

O crime aconteceu, por volta das 9h30, próximo à uma autopeça localizada na Avenida Joaquim de Oliveira, no bairro Boa Vista. A vítima fatal era segurança particular de um conjunto de lojas da localidade.  

Na hora do crime, segundo as investigações, Fabrício estaria na garupa de uma motocicleta quando chega na rua mais movimentada do bairro. Ao avistar o segurança, ele já começa a atirar. Assustado, o segurança corre, junto com a população que estava no local. O suspeito corre atrás e segue atirando. Ao perceber que o segurança ainda estava vivo, Fabrício teria voltado ao local, desce novamente da motocicleta e efetua novos disparos. Ele chega a roubar a arma do segurança que, mesmo ferido, entra em luta corporal com o atirador. 

Os criminosos fogem e a vítima é socorrida para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo, onde não resiste aos ferimentos e morre. Duas mulheres, sendo mãe e filha, passavam pelo local e também foram baleadas nas pernas, sendo socorridas e levadas para o Pronto Socorro Central de São Gonçalo (PSCSG), no Zé Garoto.

Contra o criminoso, constam dois mandados de prisão, sendo um pela 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, pelo crime de - Homicídio Simples (Art. 121, caput - CP), e outro pela 5ª Vara Criminal, pelo crime de Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - Cp).

O Disque Denúncia recebe informações sobre foragidos da Justiça nos seguintes canais de atendimento:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099
(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177
APP "Disque Denúncia RJ"
Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,
https://twitter.com/PProcurados (mensagens).
O Anonimato é Garantido.

A DHNSGI está encarregada das investigações.