Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Óleo da Cidade de Deus
Alcides Francisco da Silva

  • 1 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), III (última parte) e VII; Crime Tentado, (18 vezes); Resistência (Art. 329 - CP), § 1º; Associação Criminosa (Art. 288 - Código Penal), parágrafo único; Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06)
    2 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), inc. III (ultima parte) e VII; Crime Tentado; Resistência (Art. 329 - Cp), § 1º; Associação Criminosa (Art. 288 - Código Penal); Associação Para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06); Concurso Material (Art. 69 - Cp)
  • CV - Comando Vermelho
  • Gerente do Tráfico de Drogas
  • Favela da Cidade de Deus - Jacarepaguá - Zona Oeste - RJ
  • 31/08/1974
  • Nº. (I.F.P.) 101.024.42 - 0
  • Arraial do Cabo - RJ
  • Procurado

Histórico

ENVOLVIDO NA MORTE DO SARGENTO DA POLÍCIA MILITAR ADILSON FERREIRA RIÇA FILHO



O Portal dos Procurados divulga cartaz para ajudar o Grupo de Ação Conjunta (GAC) - integração entre a Delegacia de Homicídios da Capital e a Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ) ? com informações que levem a captura de Alcides Francisco da Silva, Óleo da Cidade de Deus, de 44 anos. Gerente do tráfico de drogas da Cidade de Deus, ele é acusado de participação na morte do SARGENTO DA POLÍCIA MILITAR ADILSON FERREIRA RIÇA FILHO, 40 anos. Policial do Bope (Batalhão de Operações Especiais) o agente foi encontrado morto, na manhã da sexta-feira 29 de setembro do ano passado, em um condomínio na Taquara, Zona Oeste do Rio. Membro da tropa de elite da Polícia Militar, ele estava há 12 na corporação.

Quem tiver informações exatas sobre o criminoso, receberá uma recompensa de R$ 5 mil reais.

Conforme apurado nas investigações da Delegacia de Homicídios da Capital, Adilson Riça teria sido chamado por João Márcio Gonçalves da Silva, vulgo Nino, conhecido de infância da vítima, para ir ao seu encontro, pois estaria passando por uma emergência. Ocorre que, na realidade se tratava de uma armadilha criada por traficantes da Cidade de Deus em retaliação as constantes operações do BOPE na localidade.

Alcides Francisco da Silva, o Ólio ou Wally ou Careca ou Óleo se encontra na condição de Evadido do Sistema Penitenciário, desde 06/05/2017, quando saiu no benefício de Indulto dos Dias Mães, da Cadeia Publica Paulo Roberto Rocha. Em fevereiro de 2013, ocorreu uma fuga do Instituto Penal Vicente Piragibe ? SEAPVP - que integra o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio, quando detentos fugiram através de um túnel ligado à tubulação de esgoto do presídio. Entre os foragidos estava o traficante Óleo da CDD.

Na quarta (17/10) Equipes da Divisão de Homicídios da Capital juntamente com o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), prenderam Márcio Gonçalves em razão de um mandado de prisão temporária expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital. Sua prisão se deu através de informações de inteligência, quando foi descoberto que ele iria comparecer na em um hospital no bairro de Curicica para consulta médica. O investigado ao chegar ao local foi preso pelas equipes da DH e do BOPE. E em decisão exarada pela Justiça, a pedido da Autoridade Policial da DH/Capital Delegado Drº Marcelo Carregosa, foi expedido mandado de prisão pela 1ª Vara Criminal da Capital pelo crime de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), com pedido de Prisão Temporária.

Contra o acusado ainda constam mais dois mandados de prisão pelos crimes de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), inc. III (ultima parte) e VII; Crime Tentado; Resistência (Art. 329 - Cp), § 1º; Associação Criminosa (Art. 288 - Código Penal); Associação Para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06); Concurso Material (Art. 69 - Cp), expedidos pela 2ª Vara Criminal da Capital.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia RJ - . A recompensa só é paga com informações passadas para o Disque Denuncia ou Whatsapp dos Procurados.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca da Capital/1ª Vara Criminal Inquérito No 0227271-65.2018.8.19.0001/Prisão Temporária Distribuído em 15/10/2018
Comarca da Capital/2ª Vara Criminal 0091862-20.2018.8.19.0001.01.0004-10/Prisão Preventiva Distribuído em 25/04/2018
Comarca da Capital/2ª Vara Criminall Processo No 0046451-51.2018.8.19.0001/Prisão Preventiva Distribuído em 01/03/2018