Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Manga da Cruzada São Sebastião
Ramon Aleluia da Silva

  • 1 - Disparo de Arma de Fogo (Art. 15 - Lei 10.826/03); Posse Ou Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Restrito e Outros (Art. 16 - Lei 10.826/03); Resistência (Art. 329 - CP), § 1º; Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), I E II; Concurso Material (Art. 69 - Cp); Organização Criminosa (Lei 12.850/2013), ART 2 § 2º; Concurso de Pessoas (Arts. 29 a 31 - Cp)
  • TCP - Terceiro Comando Puro
  • Gerente Geral Tráfico de Drogas
  • Cruzada São Sebastião, São Carlos - RJ
  • 29/11/1980
  • Nº. (I.F.P.) 102.040.615
  • Rio de Janeiro - RJ
  • Procurado

Histórico

Ramon Aleluia da Silva, o Manga, é ligado a facção Terceiro Comando Puro ? TCP ? e faz parte do tráfico de drogas, comandado pelo traficante Nem da Rocinha.

Em 2017, quando da invasão da Rocinha por traficante aliados a Nem da Rocinha, em divergência pelo controle de pontos de drogas da comunidade com o traficante Rogerinho 157, atualmente preso, a Polícia Civil identificou como, o traficante autorizado por Antonio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, para ser o seu sucessor no controle da venda de drogas na favela. Nem, que já se encontrava preso, teve um novo mandado de prisão decretado por ter ordenado a invasão na Rocinha.

Manga é proveniente da Cruzada São Sebastião e teria reunido um grupo de 50 traficantes no Morro São Carlos, no Estácio, em setembro de 2017, para invadir a Rocinha.

Além dele, a polícia solicitou a prisão de outros 27 traficantes que foram identificados nos confrontos.

Rogério 157 rompeu com a facção TCA (Terceiro Comando dos Amigos), tendo se declarado somente CV ? Comando Vermelho. Com isso, perdeu apoio de traficantes presos em Bangu 6 e do PCC, facção paulista. Nem teria oferecido um pagamento de R$ 100 mil para quem o matasse.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia RJ - . A recompensa só é paga com informações passadas para o Disque Denuncia ou WhatsApp dos Procurados.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca da Capital/19ª Vara Criminal Processo Nº 0243474-39.2017.8.19.0001.01.0027-05/ Prisão Temporária Distribuído em 20/09/2017
Comarca da Capital/19ª Vara Criminal Processo Nº 0243474-39.2017.8.19.0001.01.0027-05/ Prisão Temporária Distribuído em 2018