Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Kamura
Gláucio Leno de Souza Gomes

  • 1 - Roubo Qualificado C/c Lesão Corporal Grave (Art. 157, § 3º, 1ª Parte - C. P.)
    2 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP)
    3 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP)
  • CV - Comando Vermelho
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Favela do Vai Quem Quer, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense - RJ.
  • 26/11/1984
  • RG Nº. (I.F.P.) 221.176.613
  • Rio de Janeiro ? RJ
  • Procurado

Histórico

Gláucio Leno de Souza Gomes, o Kamura é ligado a facção Comando Vermelho e faz parte do tráfico de drogas que age na favela Vai Quem Quer, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense.

Em junho de 2017, a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) concluiu que o mandante do assalto que terminou com a morte do frei Antônio Moser, de 75 anos ? assassinado em março de 2016 na Rodovia Washington Luís, altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense ?, foi executado num ?tribunal do tráfico?. De acordo com a investigação, o assalto foi ordenado por Marcelo Francisco da Silva, um traficante da favela Vai Quem Quer, vizinha ao local do crime, que determinou o roubo de um carro da marca Honda Civic a dois comparsas.

Três dias após o latrocínio, Marcelo foi executado dentro da comunidade a mando do chefe do tráfico do local, por conta das operações policiais que passaram a acontecer na região devido à repercussão da morte do frei.

Segundo a especializada responsável pelas investigações, o rastreamento da moto usada pelos criminosos que tentaram assaltar o pastor foi fundamental para determinar a autoria do crime. A moto usada no dia do crime era do Marcelo e foi emprestada para os dois comparsas. Os agentes ao nome do Marcelo, avançaram nas investigações e, a partir de depoimentos de pessoas ligadas, chegaram a um dos executores.

acordo com o inquérito, Carlos Braz Vitor da Silva, vulgo Fiote, chefe do tráfico da Vai Quem Quer, foi o mandante do crime. Incomodado com a presença da polícia na favela, Fiote ordenou que Giliarde Sobescijanski Martins, o Teleco (preso), e Gláucio Leno de Souza Gomes, o Kamura, cometessem o crime. Fiote está preso.
O frei Antônio Moser morava em Petrópolis e, no dia do crime, estava indo ao aeroporto, de onde viajaria a São Paulo para dar uma palestra. Na ocasião, o frei dirigia o carro e não parou quando foi abordado pelos bandidos.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado ainda em liberdade, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Visite também o Instagram oficial do Portal dos Procurados ? portal.procurados-.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de Duque de Caxias/2ª Vara Criminal Processo nº 0018681-54.2016.8.19.0001.01.0001-27/Prisão Temporária Distribuído em 20/01/2016
Comarca de Duque de Caxias/4ª Vara Criminal Processo nº 0065819-54.2016.8.19.0021.01.0002-20/Prisão Temporária Distribuído em 01/12/2016
Comarca de Duque de Caxias/4ª Vara Criminal Processo No 0065819-54.2016.8.19.0021.01.0002-20/Prisão Preventiva Distribuído em 21/06/2017
Comarca de Duque de Caxias/4ª Vara Criminal Processo No 0033997-76.2018.8.19.0021.01.0001-20/Prisão Preventiva Distribuído em 04/07/2018