Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Rabicó
Antônio Ilario Ferreira

  • 1 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), II e V e parágrafo 2º A, I (2x) E Associação Criminosa (Art. 288 - Código Penal), parágrafo único N/F Concurso Material (Art. 69 - Cp)
  • Comando Vermelho - CV
  • Chefe do Tráfico de Drogas
  • Complexo do Salgueiro - São Gonçalo
  • 15/06/1964
  • Emissor: M.FAZ - IFP/DETRAN: 07.250.316-2
  • São Gonçalo - RJ
  • Procurado

Histórico

Antônio Ilário Ferreira, o Rabicó, é ligado a facção Comando Vermelho e chefia o tráfico de drogas no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Rabicó foi preso em 2008, em Mamanguape, Pernambuco, onde adquiriu uma casa e morava com sua família, como empresário do setor de reciclagem, segundo as investigações da polícia.

Condenado a mais de 27 anos ele cumpria pena numa unidade prisional de segurança máxima, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e é considerado um dos criminosos mais perigosos de São Gonçalo, foi beneficiado pela Justiça e foi solto em 2019.
Ele obteve decisão favorável no Supremo Tribunal Federal (STF) que concedeu liminar, permitindo que ele aguardasse em liberdade o pedido de recurso diante do processo que o mantinha preso. Rabicó ainda mantém sua posição de principal liderança do tráfico no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Rabicó estava preso há mais de 11 anos e tem condenação em três processos por tráfico. Em nenhuma delas, no entanto, a sentença de condenação é definitiva.

Em abril de 2019, criminosos fortemente armados denominados bonde do Rabicó teriam promovido uma caçada em comunidades em São Gonçalo para capturarem e matarem Thomas Jhayson Vieira Gomes (morto), o que teria provocado um racha na facção CV, matando o então aliado Schumaker Antonácio do Rosário, fugindo do Salgueiro, abandonando o CV e passando para facção rival TCP (Terceiro Comando Puro), passando a se autodenominar 3N. Rabicó e 2N estavam estremecidos porque o segundo já não aceitava ordens do chefão e se recusava a entregar o comando do tráfico no Salgueiro a outra pessoa.

Pouco menos de um ano após ser beneficiado por uma medida do Supremo Tribunal Federal (STF), o traficante pode ter os seus dias de Rei do Salgueiro contados após uma série de decisões que desagradaram lideranças do Comando Vermelho (CV), como Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, que cumpre pena em um presídio no Paraná.

Segundo informações do interior da comunidade que chegaram até a polícia, uma série de medidas do traficante, que controle o tráfico há mais de 30 anos, após a sua soltura já vinham desagradando algumas lideranças do CV. Uma delas seria a cobrança de uma taxa de comerciantes do conjunto de favelas, algo reprimido por Marcinho VP e cia.

Figuras conhecidas do Comando Vermelho, entre elas a mulher de Marcinho VP, se reuniram no Complexo do Salgueiro, onde teria sido decidido um corte de regalias de Rabicó. O criminoso é conhecido pela alta periculosidade e desejo pelo poder dentro da facção.

O caso mais recente do traficante Rabicó, seria a promoção da traficante Rayane Nazareth Cardoso da Silveira, conhecida como Hello Kitty, e isso teria causado um mal-estar entre lideranças do tráfico de drogas em São Gonçalo. Isso Rabicó, teria o desejo de colocá-la na gerência de uma comunidade do Jardim Catarina, uma possível ascensão no mundo da criminalidade.

Segundo informações coletadas pelo Serviço de Inteligência (P/2) do 7°BPM (São Gonçalo), o desejo de Rabicó de subir Hello Kitty no tráfico, dando-lhe uma posição importante na hierarquia, não agradou antigos traficantes do Jardim Catarina, conhecidos como Neuber e Telminho.

Segundo os criminosos, a posição de gerência em favelas da comunidade deveria ser ocupada por crias da mesma comunidade ? soldados que nasceram no Jardim Catarina ? um dos redutos do Comando Vermelho em São Gonçalo. A discordância gerou um grande mal estar entre os criminosos, que integram a velha guarda do crime de São Gonçalo.

Apadrinhada pelo traficante Alessandro Luiz Vieira Moura, o Vinte Anos Hello Kitty, é apontada como principal parceira do criminoso e já foi identificada como integrante de um grupo que realizava assaltos em áreas investigadas pelas delegacias do Centro (76ª DP) e do Fonseca (78ª DP), ambas em Niterói.
Antiga integrante da facção criminosa Amigos dos Amigos (A.D.A), ela pulou para o Comando Vermelho após a guerra de grupos criminosos instaurada em São Gonçalo e Niterói após a morte do traficante Schumaker Antonácio do Rosário, o Piloto, antigo chefe do tráfico de drogas do Jardim Catarina, e isso em nada agradou a cúpula do CV.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do crimonoso, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de São Gonçalo 1ª Vara Criminal Cartório da 1ª Vara Criminal Processo No 0015981-57.2020.8.19.0004 Distribuído em 15/07/2020