Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Tacilinho
Otacílio pereira Filho

  • 1 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP) C/C Crime Tentado, art. 14, II, do CP
  • Integrante do Tráfico de Drogas/Assaltante
  • Queimados - RJ
  • 04/02/1981
  • Nº (I.F.P.) 21.537.879-5
  • Rio de Janeiro
  • Procurado

Histórico

Otacílio Pereira Filho, o Tacilinho é acusado de tentar matar o vereador Maurício Baptista Ferreira, o Maurício da Vila, em Queimados, na Baixada Fluminense. O crime ocorreu em 8 de novembro de 2017. No mesmo dia, eles e outros criminosos tentaram matar o policial reformado José Nascimento Oliveira que sofreu uma tentativa de homicídio e o cunhado do parlamentar, Julio Cesar Ramires, de 37 anos, que acabou sendo foi assassinado.

Referente ao Nº do Mandado de Prisão: 0131381-22.2017.8.19.0038.01.0004-12/Espécie de prisão: Preventiva/Situação: Pendente de Cumprimento , o dia 08-11-2017, por volta das 15h30min, na Rua Joaquim Ferreira com a Rua Suruí, bairro Vila Americana, na cidade de Queimados, os denunciados entre eles Otacilio, com consciência e vontade de matar, efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima sobrevivente MAURICIO BAPTISTA FERREIRA, não se consumando o crime por circunstâncias alheias ás vontades dos denunciados, eis que a vítima conseguiu fugir, não sendo atingida pelos disparos de arma de fogo. No dia 08-11-2017, por volta das 15h50min, na Estrada Mato Grosso, nº 11, Campo alegre, nesta comarca, os denunciados, com consciência e vontade de matar, efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima fatal JULIO CESAR RAMIRES, causando-lhe as lesões corporais descritas no AEC, fls. 220/221, as quais, por sua natureza, sede e extensão foram a causa da morte. No dia 08-11-2017, por volta das 16h00min, na Av. Mutirão, nº 06, Campo Alegre, nesta comarca, os denunciados, com consciência e vontade de matar, efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima sobrevivente JOSÉ NASCIMENTO OLIVEIRA, não se consumando o crime por circunstâncias alheias às vontades dos denunciados, eis que a vítima revidou injusta agressão e não foi atingida pelos disparos de arma de fogo Segundo a denúncia, para o sucesso a empreitada, os denunciados, sequencialmente, rumaram para o local onde as vítimas se encontravam, e, utilizando-se de um veículo, produto de roubo ocorrido na área da 56ª DP, a saber, Ford Fiesta, de cor prata, placa KPU 6493/RJ, seguiram-nas até seus destinos finais, onde executaram o crime, conforme planejamento previamente ajustado.

Segundo se depreende dos autos, a vítima MAURCIO BAPTISTA FERREIRA estava conduzindo seu veículo, modelo Ford Siena, de cor branca, placa LMB3062, na direção de uma obra no Bairro vila Americana, quando ao passar pela rua Joaquim Ferreira, avistou o veículo modelo Ford Fiesta, de cor prata, placa OQT 8141, vindo em direção contraria, instante em que o denunciado Otacílio, com uma arma de fogo em punho, deu início aos disparos contra o veículo de MAURICIO, tendo este conseguido arrancar e sair em disparada, tendo os demais denunciados dado continuidade aos disparos contra o veículo, não sendo a vítima atingida por circunstâncias alheias às vontades dos denunciados. Em sequência, os denunciados seguiram no veículo Ford Fiesta para o endereço de trabalho da vítima JULIO CESAR, sendo que ao chegarem no local, os denunciados atacaram a vítima JULIO de inóspito e pelas costas, efetuando disparos de arma de fogo que resultaram na sua morte. Por fim, os denunciados seguiram no veículo Ford Fiesta em direção ao sítio do policial militar reformado JOSE NASCIMENTO OLIVEIRA, onde desembarcaram do automóvel e efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima JOSE, que revidou a injusta agressão, realizando disparos contra os denunciados, não sendo atingido por circunstancias alheias ás suas vontades. Em seguida, os denunciados embarcaram no veículo Ford Fiesta e se evadiram do local, indo em direção ao município de Queimados.

A vítima MAURICIO reconheceu os denunciados OTACILIO e ANDERSON como autores dos crimes apurados nos autos do inquérito policial, por meio do auto de reconhecimento de pessoa acostado aos autos. Constatou-se, ainda, por meio das imagens fornecidas pelo sistema de câmeras extraídas no sítio da vítima JOSÉ NASCIMENTO a participação dos denunciados RODOLFO e LEVI. Fútil, ainda, a motivação dos crimes de homicídios contra as vítimas, uma vez que MAURICIO e JOSE soa policiais militares e não permitem a prática de crimes nas citadas localidades, sendo JULIO amigo das vítimas. O crime foi cometido mediante emboscada, vez que os denunciados iniciaram a perseguição ás vítimas durante seus trajetos diários, posicionando-se sorrateiramente nas imediações do local do fato, vindo, logo a seguir, a abordá-las e efetuar os disparos de arma de fogo. Os crimes foram praticados contra policiais militares MAURÍCIO e JOSÉ NASCIMENTO, em decorrência do exercício das funções.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Tacilinho, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular do DD.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de Nova Iguaçu 4ª Vara Criminal Cartório da 4ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: 0131381-22.2017.8.19.0038.01.0004-12/Espécie de prisão: Preventiva/Situação: Pendente de Cumprimento Data de expedição: 12/01/2018