Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Nego Drama
Rodrigo dos Santos Brivio

  • EVADIDO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO
  • CV - Comando Vermelho
  • Gerente do Tráfico de Drogas
  • 03/01/1988
  • Nº (I.F.P.) 216.757.419
  • Duque de Caxias - RJ

Histórico

Rodrigo dos Santos Brivio é ligado a facção Comando Vermelho e faz parte de tráfico de drogas que age em Duque de Caxias e Arraial do Cabo.

Policiais da 132 DP (Arraial do Cabo) realizaram, na manhã desta terça-feira, a segunda fase operação Latebras e prenderam sete suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas da comunidade Parque das Missões, em Duque de Caxias. A ação tinha o objetivo de cumprir 13 mandados de prisão e entre os alvos estavam pai, filha e genro, que também foram capturados. Umas das foragidas é apontada como responsável por levar drogas da Baixada Fluminense para abastecer o tráfico de Arraial do Cabo.

A operação é um desdobramento da realizada pela distrital na quinta-feira da semana passada, quando 18 pessoas do mesmo bando foram presas em Arraial do Cabo. O grupo age nas localidades de Figueira, Parque das Garças, Caiçara e Sabiá.

O homem de confiança de Hermemson Silveira de Souza, o Menor, Rodrigo dos Santos Brivio, conhecido como Nego Drama, que está foragido, também tem endereço em Caxias, mas é quem coordena as ações do tráfico em Figueiras na ausência do chefe.
Nego Drama se encontra na condição de Evadido do Sistema Penitenciário, desde 17/08/2019, quando saiu em evasão, após receber o benefício para trabalhar fora da cadeia, o chamado trabalho ? Extra-Muro

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de foragidos da Justiça, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procuradosrj/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular do DD.


Mandados

Origem Processo expedição
VEP - Vara de Execuções Penais Mandado de Prisão Nº: 0363576-03.2011.8.19.0001.0001/Tipo Prisão: DEFINITIVA Data de expedição: 17/08/2019/Pena de Multa Pena Privativa de Liberdade Suspensão Condicional da Pena