Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Cromado da Nova Holanda
Alexandre de Mesquita Alves

  • 1 - Associação Criminosa - Art.288 do Cod Penal (Redação Dada Pela Lei 12.850 de 2013); Furto (Art. 155 - Cp); Receptação (Art. 180 - Cp)
  • CV - Comando Vermelho
  • Gerente do Tráfico de Drogas
  • Nova Holanda - Maré - Bonsucesso - RJ
  • 20/02/1984
  • Nº (I.F.P.) 211.058.193
  • Rio de Janeiro
  • Procurado

Histórico

Alexandre Mesquita Alves, o Cromado é ligado a facção Comando Vermelho e faz parte do tráfico de drogas do Complexo da Maré, mais especificamente, na Favela Nova Holanda.

Investigações da Polícia Civil apontam que pelo menos 4 mil patinetes elétricos foram furtados e levados para dentro da comunidade da Nova Holanda, no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. De acordo com o delegado da 21ª DP (Bonsucesso), a quadrilha comandada por Rodrigo Silva Caetano, o Motoboy, e por Alexandre de Mesquita, o Cromado, compra os veículos doando drogas no valor de R$ 20 a R$ 30 para viciados e revendia na internet por R$ 300. A polícia acredita que o prejuízo dessas empresas chegue a quase R$ 10 milhões.

As vendas pela internet eram feitas, diretamente, por pessoas ligadas às bocas de fumo da Favela Nova Holanda. A gente deu início as investigações quando percebeu que um número enorme de pessoas dessas comunidades passou a anunciar esses equipamentos num valor inferior ao de mercado. Quando fomos informados pela própria empresa que mais de quatro mil equipamentos foram furtados, iniciamos o trabalho para identificar esses suspeitos e onde estavam esses equipamentos, explica Narciso.

Cada equipamento, segundo o delegado, está avaliado em cerda de R$ 2 mil. As patinetes eram furtadas por usuários de drogas e entregues na Nova Holanda. Lá, Motoboy oferecia drogas na troca dos veículos.

Para a polícia, Motoboy comandava a quadrilha e Cromado era o responsável pelo processo de desbloqueio dos veículos. Após o desbloqueio as patinetes eram customizadas pelos criminosos e repassadas para compradores através das redes sociais.

Ainda de acordo com o delegado, as pessoas que compraram as patinetes podem ser indiciadas e responder criminalmente por receptação.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de envolvidos no atentado contra os policiais da 77º DP, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular do Disque Denuncia.


Mandados

Origem Processo expedição
Comarca da Capital 27ª Vara Criminal Cartório da 27ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão:Processo No 0224172-53.2019.8.19.0001/Prisão Preventiva Data de expedição: 17/09/2019