Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Merreu ou Juninho ou Repete
Wilson Oliveira Andrade Júnior

  • 1 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), II e § 2º-A, I
    2 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), INC II, §2-A, INC I
  • Assaltante
  • Rio de Janeiro - RJ
  • 30/01/1990
  • Nº (I.F.P.) 268.512.142
  • Rio de Janeiro
  • Procurado

Histórico

O Portal dos Procurados divulga cartaz para ajudar A 32ª DP ? Taquara ? com informações que levem a prisão de Wilson de Oliveira Andrade Júnior, o Merreu ou Juninho ou Repete, de 29 anos. Ele é um dos acusados de participar do assalto a uma loja de produtos oficiais do Flamengo, em Rio das Pedras, no último dia 4. Por se encontrar em local não sabido, ele já é considerado foragido da Justiça.

Pelo menos três homens armados participaram do roubo. Imagens captadas pelas câmeras de segurança mostram um homem e uma mulher, funcionários uniformizados do estabelecimento, conversando e tomando café quando um homem de camisa branca entra na loja e mostra a arma. Ele rende os dois e tranca-os no banheiro. Em outro momento, ele chega a agredir uma funcionária.

Em seguida, seu comparsa, que também veste a camisa do clube, traz sacos plásticos grandes e começa a recolher itens como relógios, bonés e camisas. É ele quem leva os produtos para o carro, na parte externa da loja, e quem fecha o estabelecimento. Do lado de fora, um terceiro homem, de boné e regata, auxilia-o a transportar as sacolas.

Em dois vídeos gravados pelo bando, eles debocham e comemoram o resultado da ação. "Pegou a visão? Só camisa nova! Nós vai (sic) na pista e rouba tudo, papai", ironiza um deles.

Em outro, eles exibem vários sacos pretos cheios de produtos roubados, incluindo os lançamentos deste ano. "Aí, rapaziadinha, só traje novo do Mengão, hein?" Cada camisa custa, em média, R$ 250 reais.

Imagens do roubo viralizaram nas redes sociais, inclusive com os bandidos ostentando os itens roubados, como relógios, bonés e camisas, avaliados em R$ 164.027,00. Os outros integrantes do bando ainda não foram identificados.

E em decisão exarada pela Justiça, a pedido da Autoridade Policial da 32ª DP ? Taquara - Delegada Titular Drª Carolina Salomão Albuquerque, o Juiz da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá aceitou a denúncia do Ministério Público e decretou nesta terça-feira (15) a prisão, pelo crime de Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), INC II, §2-A, INC I, sob o número Processo 0046357-45.2019.8.19.0203, com pedido de Prisão Preventiva. .

Na decisão, o juiz destaca que a prisão de Wilson Oliveira, que já fora condenado por roubo em outra ação julgada por ele (Mandado de Prisão ? 50337.34.2018.0203/ Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), II e § 2º-A, I), é necessária para a garantia da ordem pública, para a conveniência da instrução criminal - dando tranquilidade às testemunhas - e para assegurar a aplicação da lei penal.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Wilson Oliveira e também da identificação dos outros envolvidos no roubo, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular do DD.

Todas as informações sigilosas sobre o caso serão encaminhadas para 32ª DP ? Taquara ? que está encarregada do caso e do inquérito criminal.

Mandados

Origem Processo expedição
Regional de Jacarepaguá 1ª Vara Criminal (Jac) Cartório da 1ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: Processo No 0050337-34.2018.8.19.0203/Prisão Preventiva Data de expedição: 14/12/2018
Regional de Jacarepaguá 1ª Vara Criminal (Jac) Cartório da 1ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: Processo No 0046357-45.2019.8.19.0203/Prisão Preventiva Data de expedição: 15/10/2019