Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Macaco Louco
Carlos Luciano Soares da Silva

  • 1 - Associação Criminosa (Art. 288 - Código Penal)
    2 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), I E IV; Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), i e iv N/F Crime Tentado (Art. 14, II, Cp).; Destruição, Subração Ou Ocultação de Cadáver (Art. 211 - Cp)
    3 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP)
    4 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), II e IV (quarta figura),; Lesão Corporal Leve (Art. 129 - Cp), § 6º; Concurso Formal (Art. 70 - Cp)
    5 - Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), II e IV (quarta figura),; Lesão Corporal Leve (Art. 129 - Cp), § 6º; Concurso Formal (Art. 70 - Cp)
  • Milícia
  • Chefe da Milícia
  • Queimados - Baixada Fluminense - RJ
  • 09/09/1984
  • Nº (I.F.P.) 204.774.970
  • Queimados - RJ
  • Procurado

Histórico

A atuação de milicianos em condomínios do Minha Casa, Minha Vida em Queimados, na Baixada Fluminense, foi calcada em extorsões, cobranças de taxas e homicídios, segundo a Polícia e o Ministério Público. Um dos membros mais violentos do grupo, porém, ainda está foragido.

Segundo investigadores, Carlos Luciano Soares da Silva, conhecido como Macaco Louco, é o membro foragido mais perigoso dos "Caçadores de Ganso". O Portal dos Procurados divulgou um cartaz oferecendo recompensa por informações sobre ele.

De acordo com a polícia, Carlos ele era um dos "seguranças" da milícia que atuava no condomínio Valdoriosa, do Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Ele foi soldado do Exército, incorporado pelo serviço militar obrigatório, e dispensado em fevereiro de 2010 após o término regular do tempo de serviço.

Macaco Louco também é investigado como um dos integrantes do grupo de extermínio vinculado à milícia, e foi denunciado pela prática de vários homicídios" atribuídos ao grupo em Queimados.

Um cemitério clandestino foi encontrado, na manhã quinta-feira (22/08/2019), durante ação realizada por policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO/MP), no bairro Parque Sarandi, em Queimados.

Os agentes encontraram três corpos e uma motocicleta enterrados no local, que é suspeito de ser utilizado por milicianos para ocultar corpos de vítimas da milícia conhecida como Caçadores de Gansos, que atua na região.

Os ossos/corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) para identificação e perícia. As investigações continuam pela Polícia Civil e o MPRJpara investigar os homicídios relacionados às vítimas encontradas nesse local.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de foragidos da Justiça, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Acesse www.procurados.org.br

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de Queimados Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: 0001985-31.2019.8.19.0067.01.0002-11/Prisão Preventiva Data de expedição: 14/03/2019
Comarca da Capital 1ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: 0006648-57.2018.8.19.0067.01.0002-08/Prisão Preventiva Data de expedição: 19/07/2018
Comarca de Queimados Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: 0013184-84.2018.8.19.0067.01.0002-21/Prisão Preventiva Data de expedição: 14/01/2019
Comarca da Capital 2ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: 0012061-85.2017.8.19.0067.01.0001-09/Prisão Preventiva Data de expedição: 06/10/2017
Comarca da Capital 2ª Vara Criminal Nº do Mandado de Prisão: 0012061-85.2017.8.19.0067.01.0001-09/Prisão Temporária Data de expedição: 17/08/2017