Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Ricardinho
Ricardo Portela Pudente da Silva

  • 1 - Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06), c/c Art. 40, inciso IV, da Lei 11.343/06
    2 - Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP), in fine, do Código Penal.
  • CV - Comando Vermelho
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Complexo do Alemão - RJ
  • 30/07/1986
  • Nº (I.F.P.) 111.523.783
  • Rio de Janeiro

Histórico

Ricardo Portela Prudente da Silva, o Ricardinho é ligado a facção Comando Vermelho ? CV ? e faz parte do tráfico de drogas que no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio.

Atualmente ele se encontra na condição de Evadido do Sistema Penitenciário, desde 07/04/2018, durante o benefício de VPL, conduta prevista como falta disciplinar de natureza grave, tipificada no art. 50, II, da LEP, requer o Ministério Público, a - a suspensão das saídas extramuros; b - a expedição de mandado de prisão; c - após a recaptura do apenado.

Em agosto de 2009, A juíza Tânia Sardinha Nascimento, titular da 25ª Vara Criminal da capital, decretou a prisão preventiva de 23 acusados de tráfico de drogas nas comunidades da Vila Cruzeiro, Chatuba, Merindiba, Morros da Fé, Morro do Sereno e da Caixa Água. Eles foram denunciados pelo Ministério Público estadual por formação de quadrilha para o fim de comercializar cocaína, maconha, êxtase e crack,

Os acusados foram identificados por meio de escutas telefônicas, com autorização da Justiça, realizadas desde setembro de 2008. A participação de cada acusado encontra-se bem delineada no relatório da autoridade policial e na denúncia, em absoluta coerência com as provas carreadas e as transcrições das degravações das escutas. Verifico que nesta fase processual, a segregação provisória dos acusados é imprescindível para garantia da ordem pública, em razão da reprovabilidade de suas condutas que é flagrante, tendo em vista que estão agindo de forma consciente e voluntária em associação criminosa para comércio de drogas, utilizando-se de forte aparato bélico (fuzil, metralhadora, granada. não só para proteção da atividade do comércio de drogas, mas para diversas outras ilícitas com emprego de grande violência, morte, o que gera insegurança pública, afirmou a juíza, lembrando que a prisão dos réus também preservará as testemunhas arroladas no processo. Neste processo constava o nome de Ricardo Portela, como um dos indiciados.

Ajude a Polícia do Rio. Denuncie. Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado, favor informar pelos seguintes canais: Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Mandados

Origem Processo expedição
VEP - Vara de Execuções Penais Processo: 0392086-89.2012.8.19.0001/Prisão Recaptura Data de expedição: 07/04/2018