Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Guety do Viradouro
Rodrigo Carlos dos Santos

  • Capturado


    1- Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), INCS II e V

    2- Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), inciso I; Crime Tentado (Art. 14, II, Cp).; Corrupção de Menores - Eca (Lei 8.069/90 - Art. 244 B)
  • CV - Comando Vermelho
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Niterói - RJ
  • 25/06/1994
  • Niterói - RJ
  • Capturado

Histórico

PRISÃO REALIZADA POR 78º DP - FONSECA - 13/08/2019

Rodrigo Carlos dos Santos, o Guety do Viradouro, foi preso por policiais civis da 78ªDP (Fonseca) na tarde desta terça-feira (13), no Fonseca, na Zona Norte de Niterói. Apontado pela polícia como um dos chefões do tráfico da Favela Grota do Surucucu, em São Francisco, na Zona Sul da cidade, ele havia sido ferido por um tiro, na segunda-feira (12), durante operação da Polícia Militar naquela comunidade. Ele se refugiou na casa de parentes da namorada, mas acabou descoberto pelos policiais da delegacia do Fonseca.

Histórico:




Rodrigo Carlos dos Santos, o Guety do Viradouro, é ligado a facção Comando Vermelho e faz parte do tráfico de drogas que age na localidade do Viradouro, em Niterói.


Em março de 2018, A Polícia Civil identificou uma quadrilha de roubo de casas de luxo em Niterói, região metropolitana do Rio. Os seis homens, que costumavam agir armados, rendiam suas vítimas durante a madrugada e eram violentos para que obtivessem dinheiro e objetos de valor. Seis roubos foram registrados na época.


Uma operação foi montada no Complexo do Viradouro para que suspeitos fossem presos, mas os mesmos fugiram antes da chegada da polícia. Seis foragidos foram identificados: Rodrigo Carlos dos Santos, de 24, Victor Abreu Ramalho, de 20 anos, Calebe Teodoro Marins, de 25, Thiago da Conceição Faria, de 26, Anderson Luis dos Santos Oite, de 26 e um menor de idade.


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos criminosos, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia RJ - . A recompensa só é paga com informações passadas para o Disque Denuncia ou WhatsApp dos Procurados.