Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Mão do Fogueteiro
Márcio Mário Januário

  • 1 - Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06), e artigo 287 do CP
    2 - Tráfico de Drogas e Condutas Afins (Art. 33 - Lei 11.343/06)
  • CV - Comando Vermelho
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Morro do Fogueteiro e Fallet
  • 04/06/1970
  • Nº. IFP - 098.565.930
  • Rio de Janeiro - RJ
  • Procurado

Histórico

Marcio Mario Januário é ligado a facção Comando Vermelho e faz parte do tráfico de drogas que age no Morros do Fallet e Fogueteiro, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio.
Em abrio de 2013, Policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Fallet, Fogueteiro e Coroa prenderam um dos chefes do tráfico de drogas da região, no final da noite de sexta-feira. Através de uma denúncia anônima, os PMs conseguiram encontrar Márcio Mário Januário, o Mão, em uma casa na Rua Eliseu Visconti, no Morro do Fogueteiro, em Santa Teresa. De acordo com os policiais, contra ele existem três mandados de prisão por tráfico de drogas. Além disso, no momento da prisão, o suspeito ainda estava com uma identidade falsa.

Ainda segundo os PMs, Márcio Mário, ao ver a viatura, tentou fugir pulando grades e muros das casas vizinhas. Porém, não conseguiu e acabou se rendendo. Durante a fuga, o suspeito ainda fraturou um dos tornozelos e teve que ser levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Na abordagem, Márcio apresentou uma identidade falsa com o nome de Vágner Coelho. Porém, os PMs o reconheceram e efetuaram a prisão.

Mário Márcio, que seria nascido e criado na comunidade, teria ligação com o traficante Paulo César Baptista de Castro, o Paulinzinho, conhecido por comandar o tráfico de drogas na região.

Quem tiver qualquer informação a respeito da identificação e localização dos assassinos, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular - Disque Denúncia - . O Anonimato é garantido.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca da Capital/21ª Vara Criminal Processo No 0450652-02.2010.8.19.0001/Condenação Distribuído em 05/09/2018
Comarca da Capital/11ª Vara Criminal Processo No 0277351-67.2017.8.19.0001/Condenação Distribuído em 19/12/2017