Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Playboy
Vitor dos Santos Lima

  • 1 - Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06); Crimes de Tortura (Art. 1º - Lei 9.455/97)
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Favela da Rocinha - Zona Sul do Rio.
  • 14/02/1995
  • Nº (I.F.P.) 269.398.350
  • Rio de Janeiro - RJ
  • Procurado

Histórico

A polícia ainda procura por dois acusados de torturarem dois adolescentes de 16 anos na Rocinha, Zona Sul do Rio. O crime aconteceu quarta-feira (27 de setembro), Vitor dos Santos Lima, o Playboy, de 22; Washington de Jesus Andrade Paz, o W. Os outros acusados já se encontram presos: Carlos Augusto Rodrigues Barreto, o Cachorrão de 38 anos; Neide Aparecida da Costa, de 42 , Lhoran de Andrade Lima, de 19 e Jefferson Lopes Farias, de 27.

Além de torturar os jovens, o quinteto também é acusado do crime de associação para o tráfico. Os adolescentes foram torturados pelo bando num beco da favela. Os agressores são ligados à quadrilha de Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha. Os jovens estavam a caminho de um projeto social quando foram abordados pelos criminosos, próximo à estação do metrô de São Conrado.

Para a polícia, os adolescentes contaram que foram agredidos com pedaços de madeira, antes de serem amarrados e levados para uma casa na comunidade. Lá, os bandidos jogaram álcool nas vítimas e ameaçaram atear fogo nelas. A ação foi interrompida por agentes das Forças Armadas, que, à época, reforçavam a segurança na comunidade. Eles foram até a residência após a denúncia de uma testemunha. As vítimas apresentaram ferimentos pelo corpo.

Segundo as testemunhas, um dos adolescentes é morador da Rocinha e estava com um boné com os dizeres "Jesus é o dono do lugar". O texto também aparece em um cordão de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157. As agressões teriam acontecido por causa do boné, que faria alusão à quadrilha de Rogério. Os adolescentes, que não tem relação com o tráfico de drogas, teriam sido confundidos com criminosos da facção rival.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Marcos da Silva e Rodrigo Ribeiro, o Da Farmácia, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca da Capital/29ª Vara Criminal Processo No 0253958-16.2017.8.19.0001.01.0002-16/Prisão Preventiva Distribuído em 01/11/2017