Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Dayana
Dayana Cristina de Melo

  • 1 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), INC IIe V E § 2°A,I
    2 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), inc II E § 2º - A, I
    3 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), I E II; Corrupção de Menores - Eca (Lei 8.069/90 - Art. 244 B)
    4 - Roubo Qualificado C/c Lesão Corporal Grave (Art. 157, § 3º, 1ª Parte - C. P.)
    5 -
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Madureira - Tijuca, Vila Isabel, Maracanã - RJ
  • 05/08/1991
  • Nº (I.F.P.) 277.833.893
  • Rio de Janeiro - RJ
  • Procurada

Histórico

Dayanna Cristina de Melo, de 26 anos, é uma das acusadas de envolvimento em uma tentativa de homicídio de um Capitão da Polícia Militar, em 02/10, em Madureira, Zona Norte do Rio.

No dia crime o policial estava de folga e foi até a uma farmácia localizada na Rua Padre Manso, por volta 15:20h, certo que viu ali dois homens em atitude suspeita e uma mulher no caixa, sendo que de surpresa a indiciada Dayanna lhe atacou levando a mão na cintura do policial e entrando em luta corporal, tendo alertado os demais comparsas que a vítima estava armado e então um adolescente L. e o indiciado Gabriel Souza de Freitas que estavam armados com revólver, além de Nathan Ricardo Pereira de Souza passaram a agredir o policial com socos, chutes e coronhadas na cabeça e tentavam tomar sua arma.

Prosseguiu a vítima esclarecendo que Gabriel apertou o gatilho do revolver na direção da vítima, mas a arma de Gabriel falhou e o policial caído no chão conseguiu atingir Gabriel no pé e logo que o policial ficou em pé levou um tiro nas costas do adolescente L. caiu no chão, foi quando então Dayanna roubou sua arma e todos empreenderam fuga.

O policial levou um tiro que perfurou o seu pulmão. A vítima reconheceu pessoalmente os indicados Nathan e Gabriel e por fotografia Dayana e o adolescente L. além de ficar sabendo que os quatro roubaram dinheiro da farmácia e clientes do local.
Os acusados Nathan, Gabriel e o adolescente L. já foram capturados, e arma do policial foi recuperada.

Após a representação pela Autoridade Policial que conduziu as investigações, bem como o parecer favorável do Ministério Público, foi decretada, pelo Juízo do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 1ª Vara Criminal da Regional de Madureira, a Prisão Preventiva de Dayanna, sob o nº 263018-13.2017.8.19.0001.0004, que vai responder pelos crimes Roubo Qualificado C/c Lesão Corporal Grave (Art. 157, § 3º, 1ª Parte - C. P.).

Dayana também faz parte do grupo de Hilton Marcos Noschang, que faz parte do grupo denominado ?Bando da Faca?, que, com o uso de facas, pratica assaltos a pedestres nos bairros de Vila Isabel e Andaraí, além dos arredores da Uerj, na Zona Norte do Rio. Segundo informações o bando age sempre da mesma forma: "com extrema violência, sempre à noite, usando uma faca como arma para o crime".

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Dayanna Cristina de Melo, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 98849-6099; pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, ou pelo aplicativo do DD. Em todos os canais de denúncias, o anonimato é garantido.

Mandados

Origem Processo expedição
Regional de Madureira/1ª Vara Criminal Processo No 0263018-13.2017.8.19.0001.01.0003-270/Prisão Preventiva Distribuído em 11/10/2017
Comarca da Capital/38ª Vara Criminal Processo No 0099236-87.2018.8.19.0001.01.0002-23/Prisão Preventiva Distribuído em 09/05/2018
Comarca da Capital/35ª Vara Criminal Processo No 0163245-58.2018.8.19.0001.01.0002-14/Prisão Preventiva Distribuído em 24/07/2018
Comarca da Capital/35ª Vara Criminal Processo No 0190668-90.2018.8.19.0001.01.0003-06/Prisão Preventiva Distribuído em 14/12/2018
Plantão Judiciário Processo No 0263018-13.2017.8.19.0001.01.0003-270/Prisão Temporária Distribuído em 11/10/2017