Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

3N do TCP
Thomas Jhayson Vieira Gomes

  • 1 - Tráfico de Drogas e Condutas Afins (Art. 33 - Lei 11.343/06); Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06)
    2 - Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06)
  • TCP - Terceiro Comando Puro
  • Chefe do Tráfico de Drogas
  • Complexo das Almas/SG e Maré/Bonsucesso -
  • 13/04/1993
  • (I.F.P.) 248.707.473 -IFP/DETRAN
  • São Gonçalo - RJ
  • Procurado

Histórico

O traficante Thomas Jayson Gomes Vieira, de 26 anos, conhecido popularmente pelo apelido de 2N, usou as redes sociais para confirmar que, a partir de agora, não faz mais parte da cúpula do Comando Vermelho CV. 2N se autonomeou a partir de agora como 3N, uma referência ao Terceiro Comando Puro TCP facção a qual se integrou após ser ameaçado de morte por antigos comparsas, depois de matar Schumaker Antonácio do Rosário, o Schumaker do Catarina.

A morte de Schumaker e cinco de seus seguranças, entre eles o traficante de vulgo Esquilo, segundo investigações da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo DHNISG teriam ocorrido pelo fato de Schumaker, líder do CV no Jardim Catarina, ter se recusado a acompanhar 2N na mudança de facção.

Dois dias depois, 2N deixou o Salgueiro com seus principais colaboradores, Alexandre de Souza Lima, o Xandinho e Luis Carlos Monteiro Cunha, o Ricardinho, em um Bonde em vários carros, com drogas, armas, dinheiro e grande quantidade de fuzis. O plano de Thomas Jayson, segundo investigações da polícia, seria financiar invasões na região e também retomar o Salgueiro, onde o escolhido para sucedê-lo foi traficante Marcelo da Silva Souza, o Cara de Broca ou Rosão, a mando de Antônio Hilário Ferreira, o Rabicó. Mesmo preso em Mossoró, no Rio Grande do Norte, Rabicó é quem comanda o tráfico no Salgueiro, segundo a polícia.

Thomas Jhayson Vieira tem desafiada a policia constantemente. O mais recente desafio foi o seu casamento em janeiro de 2019. Ele promoveu um festão para celebrar o seu casamento. A cerimônia, realizada numa igreja, teve direito a convidados e bombou nas redes sociais. A noiva postou várias fotos do casal, mas teve o cuidado de encobrir o rosto do marido com um desenho ao publicar a foto em seu perfil no Instagram.

Outras das suas, foi ter roubado em março de 2017, um caminhão com uma carga de aparelhos de ar-condicionado, avaliada em 300.000 reais. Sem seguro da mercadoria, um agente da Polícia Federal foi até o Complexo do Salgueiro tentar recuperá-la. E pediu que o recado aos criminosos fosse levado por um mototaxista. A resposta dos traficantes veio em tom ameaçador: fizeram o motoboy fotografar um verdadeiro arsenal e mostrar para o agente, que contava com apoio da Polícia Militar: Entra aqui para buscar a carga, disseram os traficantes.

Rabico estaria enfurecido com 2N, que estaria descumprindo ordens para que não fossem realizados roubos de cargas ao longo da BR-101, o que estaria causando prejuízos com uma série de operações no Complexo do Salgueiro, inibindo a venda de drogas.

Divergências com chefão do Salgueiro

Não é de hoje, que 2N, estaria contrariando as ordens de Rabicó. No final do ano passado, Rabico teria ordenado que o traficante Adenilton Madureira Vasconcelos, o Tilu, assumisse o lugar do traficante Nando do Anaia, morto em confronto com a polícia. 2N não teria aceito este tipo de ordem, e em um encontro com Tilu, o matou após uma discussão.Outra morte nas costas de 2N seria a do traficante Rafael Arnoud, o Playboy. 2N, teria marcado uma reunião e demitiu Playboy. Ele e seus seguranças teriam sido mortos e enterrados, no interior do Complexo do Salgueiro,

Ele e seu segurança Ricardinho são investigados por Policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo DHNISG pelas mortes caminhoneiro Joel Gustavo de Lima Soares, o Caboré, de 32 anos, e de seu amigo de infância, o metalúrgico Marcelo da Cunha Ferreira Soares, o Marcelinho, 33 - mortos por traficantes do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, em janeiro de 2017 e teriam sido enterrados num sítio abandonado em Itaoca.

A polícia investiga a informação de que o traficante está refugiado no Morro do Dendê, na Ilha do Governador ou no Complexo da Maré. Ele teria montado base no Complexo da maré, no Rio, um dos principais redutos da nova facção, e enviado grande quantidade de drogas e armamentos para a tomada de duas novas comunidades na região no último fim de semana o Buraco do Boi, no Barreto, em Niterói, e as comunidades do Jardim Miriambi e da Caixa Dágua, no Vila 3, em São Gonçalo. O traficante Cachorrão teria sido escolhido pela cúpula do TCP para chefiar o tráfico no Barreto e Grisalho, para comandar a venda de drogas em São Gonçalo.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do traficante 3N e sua quadrilha, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular.



Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de São Gonçalo/2ª Vara Criminal 0021210-03.2017.8.19.0004/Prisão Preventiva 2017
Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 2° Cartório da 2ª Vara Criminal nº 0025224-64.2016.8.19.0004/Prisão Preventiva Distribuído em 21/07/2016