Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Fenômeno
Adriano Ribeiro de Mattos

  • Homicídio

    1- Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I, III e IV C/C Concurso de Pessoas (Arts. 29 a 31 - Cp) E Estupro (Art. 213 - CP), parágrafo 1º C/C Concurso de Pessoas (Arts. 29 a 31 - Cp)
  • ADA - Amigos dos Amigos
  • Integrante do Tráfico de Drogas
  • Bicinho - São Gonçalo - RJ
  • 28/01/1989
  • RG Nº . (I.F.P.) 25.725.440
  • São Gonçalo - RJ
  • Procurado

Histórico

Adriano Ribeiro de Mattos, o Fenomeno, é acusado de estuprar, torturar e assassinar a adolescente Larissa Almeida Andrade, de 17 anos. O corpo da vítima foi encontrado na Rua Regina Coelho, no Jardim Miriambi, em São Gonçalo, nas proximidades de uma ribanceira que dá acesso ao Campo da Alvorada, com diversas perfurações de tiros e, apresentava marcas de tortura por todo o corpo. Ela estava amordaçada, com as mãos amarradas e as roupas íntimas rasgadas. O crime aconteceu no dia 22 de abril de 2014.

De acordo com as investigações, a jovem tinha uma deficiência mental e morava na comunidade da Vargem, onde há pontos de drogas pertencentes à facção Comando Vermelho (CV). Na ocasião, ela estaria indo para a casa de sua madrinha, que fica na comunidade do Buraco do Boi, no Barreto, em Niterói, e estaria acompanhada de outras duas pessoas que foram liberadas pelos suspeitos e nada sofreram. Por não ter discernimento do risco que corria, teria dito aos traficantes que realmente morava na comunidade rival a deles. Essa declaração fez com que os criminosos a levassem para uma espécie de tribunal do tráfico, onde foi julgada, e onde eles decidiram pela tortura, espancamento, estupro e morte da adolescente.

Após investigações da Divisão de Homicídios de Niterói ? DHNSGI - foram indiciados 21 acusados que tiveram participação no crime. Depois do exame cadavérico, foi constatado que ela foi abusada sexualmente, por pelos menos 15 traficantes, que depois ainda a mataram com vários tiros na cabeça e, principalmente, na região das nádegas. Os outros envolvidos teriam participado somente da sessão de tortura, espancamento e morte.

Quem tiver alguma informação a respeito da localização e paradeiro destes criminosos, denuncie, enviando uma mensagem de texto, vídeo ou fotos de onde eles possam estar se escondendo, para o aplicativo de mensagens do Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650, ou entre em contato com a Central Disque-Denúncia pelo (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, para quem estiver fora da capital.

Mandados

Origem Processo expedição
Comarca de São Gonçalo 4ª Vara Criminal Cartório da 4ª Vara Criminal Processo nº 0019419-04.2014.8.19.0004.01.0006-07/Prisão Preventiva Distribuído em 27/06/2014