Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

DENUNCIE FORAGIDOS DA JUSTIÇA

Policiais Civis da Delegacia de Homicídios da Capital, prenderam nesta quarta-feira (07), em Campo Grande, o miliciano José Marcelo Fernandes de Assis, o Tigrão, de 49 anos. Ele é aliado do também miliciano o Ex-PM Toni Ângelo Souza Aguiar, ex-chefe do grupo paramilitar denominado ?Liga da Justiça?, que atualmente é comandado pelo foragido da Justiça, Wellington da Silva Braga, o Ecko, Os agentes da DH/Capital chegaram até o criminoso através de informações passadas ao Disque Denuncia (2253-1177).

Tigrão é acusado de matar duas pessoas e tentar matar uma terceira. Segundo o processo que tramita na Justiça, os assassinatos ocorreram em maio de 2011. As vítimas foram o cabo da Polícia Militar Charles de Castilho Braga, Luciana Dias dos Santos e o soldado da PM André Luiz Teodulino dos Santos. Charles e Luciana morreram. Tigrão foi indiciado também pelo crime Carlos Jesias Barbosa da Silva.

A motivação para as mortes e a tentativa de assassinato foi, de acordo com a DH/Capital, uma disputa territorial para controle das atividades criminosas na região de Campo Grande. As ações foram coordenada pelo Delegado Evaristo Pontes.

Contra Tigrão havia um mandado de prisão em aberto, expedido pela 3ª Vara Criminal da Capital, Nº do Mandado de Prisão: 0424582-40.2013.8.19.0001.01.0003-05, pelo crime de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I, IV e V; Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I, IV e V E Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), incisos I, IV e V C/C Crime Tentado (Art. 14, II, Cp). Tigrão tem ainda outras oito anotações criminais por homicídios relacionados à milícia.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de foragidos da Justiça, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular Disque Denuncia