Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

DHBF PRENDE DUPLA ACUSADA DE ASSASSINATO POR DISPUTA NO MERCADO CLANDESTINO DE APLICAÇÃO DE SILICONE

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, nessa sexta-feira, 18/01, Fernanda Silva de Almeida, de 49 anos, conhecida como Fernanda Bumbum (Foto), e Natália Alves de Souza, de 33 anos, conhecida como Naty. A dupla é acusada de participação direta na morte de Marcilene Soares Gama, a Leni, no dia 22 de julho de 2017, no Recreio dos Bandeirantes, e o crime teria sido motivado por conta da disputa de espaço no mercado clandestino de aplicação de próteses e preenchimentos em cidades da Baixada Fluminense.

De acordo com as investigações, Fernanda contratou um homem, identificado como Diego Luiz Teodoro dos Santos, para cometer o crime. Como pagamento, a acusada ofereceu R$10 mil e a arma que seria usada. Os bens encontrados na casa da vítima também fariam parte da recompensa. Já Natália é apontada por fornecer informações sobre a rotina de Marcilene, como dados e fotos do endereço de sua residência. A investigação também revelou que ela chegou a se hospedar na casa da vítima como parte do plano.

Fernanda Bumbum - que ainda atuava clandestinamente na colocação de preenchimentos - foi presa em Nova Iguaçu. Naty foi capturada na cidade de Lucélia, em São Paulo, e Diego foi assassinado dois dias após o crime, no município de São João de Meriti. A morte dele segue em investigação na DHBF.