Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

PRISÃO DO LÍDER DO TRÁFICO DE DROGAS DO MORRO DO TURANO

Na manhã DO DIA, 29/01/19, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora - CPP, deflagrou Operação de Busca e Captura com o objetivo de localizar e prender o líder do Tráfico de Drogas do Morro do Turano, localizado entre os bairros da Tijuca e do Rio Comprido, Zona Norte da Cidade. Através de Operações de Inteligência, os Policiais Militares da Superintendência de Inteligência da CPP e do Núcleo de Inteligência da UPP Turano, vinham monitorando os passos do Traficante ANDERSON DA CONCEIÇÃO ROCHA, VULGO *ADIDAS, 38 anos, que assumiu a Chefia direta do Tráfico de Drogas no Morro do Turano após a prisão do traficante JN e da morte de seu sucessor MENOR BAND, ocorridas no ano de 2018.

Anderson da Conceição Rocha, vulgo "ADIDAS*, foi preso hoje, dentro da casa da sogra, localizada na região conhecida como Raia, e estava na companhia da sogra, da esposa e dos filhos. Quando da chegada dos Policiais Militares, "ADIDAS" estava em um dos cômodos, deitado na cama, simulando estar dormindo.

Evadido da Justiça e com Mandados de Prisão em aberto, "ADIDAS" responde por diversos crimes, sendo 06 por Roubos Majorados pelo emprego de Arma de Fogo e pelo Concurso de duas ou mais pessoas, 02 por Tráfico de Drogas e Condutas Afins, 01 por Porte Ilegal de Arma de Fogo de Uso Restrito e 01 por Tentativa de Homicídio.
Evadido do Sistema Penal, onde teve seu primeiro ingresso no ano de 2000, "ADIDAS" já cumpriu penas no Instituo Penal Vicente Piragibe, na Penitenciária Milton Dias Moreira, no Presídio Ary Franco, na Penitenciária Muniz Sodré, no Instituto Penal Francisco Spargoli Rocha, na Penitenciária Alfredo Trajan, na Penitenciária Vieira Ferreira Neto, no Instituto Penal Edgard Costa e no Patronato Margarino Torres.

Na madrugada do último domingo, quando um dos criminosos que haviam acabado de atacar a base da UPP Turano, Jean Jhansen Venâncio, foi neutralizado por Policiais Militares após um confronto, "ADIDAS" foi monitorado dando ordens para que moradores, mototaxis e traficantes realizassem atos de vandalismos e retaliação contra os Policiais da UPP.
A Operação integrada desencadeada hoje contou com a participação de Policiais Militares do Grupamento de Ações Táticas da CPP - GIT, da UPP Turano e da UPP Vila Cruzeiro, estando sob o comando de 07 Oficiais.

A ação contou com o apoio dos Veiculos Blindados da CPP e do 3° Batalhão de Polícia de Militar.

Após serem recebidos por disparos de armas de armas de fogo e tendo estabilizado o terreno, os Policiais Militares prenderam "ADIDAS" dentro de casa, fingindo estar domindo, não havendo qualquer efeito colateral com a vitimização de civis ou de Policiais Militares.

Ocorrência sendo formalizada na 6° DP.