Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Rogério 157
Rogério Avelino da Silva
Recompensa:
R$ 30 Mil
Nascimento:
24/12/1981
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 130.675.36 - 6
Natural:
Governador Valadares - MG
Situação:
Procurado
Crimes:
Tráfico de Drogas
Facção:
Amigos dos Amigos - A.D.A
Função:
Ex-Segurança Pessoal do traficante Nem da Rocinha e Contabilidade/ Armas e Drogas
Área de Atuação:
Favela da Rocinha e Vidigal - RJ
Histórico:
Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, é ligado facção criminosa Amigos dos Amigos – A.D.A -, que controlava o tráfico de drogas na Favela da Rocinha, zona sul do Rio de Janeiro, e era o segurança pessoal do traficante Nem da Rocinha. Ele fez parte do grupo de 10 traficantes, que invadiu o Hotel Inter-Continental em agosto de 2010, quando um grupo de traficantes da Rocinha, entraram em confronto com a polícia em São Conrado, após serem surpreendidos quando voltavam de baile funk, que foi realizado no Morro do São Carlos. Este grupo dava proteção ao traficante Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, que conseguiu fugir do cerco policial à época. Atualmente Nem se encontra preso.

Os dez bandidos que mantiveram 35 reféns - entre hóspedes e funcionários - no Hotel Intercontinental, entre os presos, se encontrava segundo homem na hierarquia do tráfico de drogas da Rocinha, Ítalo Jesus Campos, o "Perninha". Nove dos criminosos já tinham passagens pela polícia. Com eles foram apreendidos oito fuzis, cinco pistolas, três granadas, munições e um laptop
Todos os hóspedes foram libertados. Ninguém ficou ferido. Uma mulher morreu. Ela foi identificada como Adriana Duarte de Oliveira dos Santos, de 41 anos, e, segundo a polícia, era integrante do grupo de criminosos. Quatro policiais ficaram feridos.

Os acusados foram enviados, dois dias depois, para o Presídio Federal de Porto Velho (RO). Em dezembro de 2011, o Desembargador Siro Darlan soltou sete. Em janeiro de 2012, outros dois foram libertados. O Desembargador alegou que os réus estavam sofrendo constrangimento ilegal por estarem presos temporariamente por tempo seis vezes superior aos 81 dias previstos em lei. No dia 21 de janeiro de 2012, A Juíza Angélica dos Santos Costa, da 25ª Vara Criminal, condenou os acusados, que atualmente se encontram em liberdade.

Pelo Sistema de Identificação Criminal, constam duas anotação: 15ª DP – 22/08/2010 – Artigo 16 caput PU III da Lei 10826/06 , artigo 35 da Lei 11343/06 artigo 148 do CP e Polinter – 26/11/2009 – Artigo 33 da Lei 11343/06 – 40ª Vara Criminal da Capital.

Pelo Sistema de Identificação Penitenciária, consta que o procurado Rogério Avelino da Silva, já teve passagens pelo sistema carcerário. Ele ingressou 22/08/2010, indo para Penitenciária Jonas Lopes de Carvalho – SEAPJL -, sendo feita transferência externa em 24/08/2010, para o Presídio Federal de Porto Velho – PFP/RO. Em 09/05/2011, reingressou indo para Penitenciária Laércio da Costa Pellegrino – SEAPLP -, saindo em liberdade em 21/11/2012 do Instituto Penal Ismael Pereira Sireiro – SEAPIS -

Pelo Sistema de Cadastramento de Ocorrências Policiais: 15ª DP – 2010 – Homicídio (tentativa); 15ª DP – 2010 – Estatuto do Desarmamento; 15ª DP – 2010 – Associação para o Tráfico de Drogas; 15ª DP – 2010 – Tráfico de Drogas e 15ª DP 2010 – Sequestro/Cárcere Privado.

(Atualizado em 19/07/2013)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Tribunal de Justiça da Comarca da Capital - RJ
Restrito ao CNJ e Polinter
2013
1