Compartilhe:



 
Compartilhe:
Vando
Evandro Alves
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
21/12/1974
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 096.305.54 - 5
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
Milícia

1 - Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP) C/C Lei dos Crimes Hediondos (Lei 8.072/90)
Facção:
Milícia - Liga da Justiça
Função:
Milícia/Grupo de Exterminio
Área de Atuação:
Campo Grande, Cosmos, Inhoaíba, Paciência e Santíssimo - Zona Oeste - Rio de Janeiro
Histórico:
Evandro Alves, o Vando, integra a Milícia Liga da Justiça, que é comandado pelo ex-policial Toni Ângelo Souza de Aguiar, o Toni Ângelo.

Em dezembro de 2012, a juíza Alessandra de Araújo Bilac Moreira Pinto, da 42ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, condenou 11 milicianos que atuavam na zona oeste da cidade e pertencem à chamada Liga da Justiça. Eles foram considerados culpados por formação de quadrilha armada e, inicialmente, devem cumprir a pena em regime fechado.

A decisão é resultado da operação Pandora I, realizada em setembro de 2011. Na época, 17 pessoas foram denunciadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado.
Michel Cunha de Carvalho, conhecido como Baleia, foi condenado a 11 anos e oito meses de reclusão; Ivo Mattos da Costa Junior, o PM Júnior ou Tomate, pegou 10 anos.

Os outros condenados foram: Ruan de Oliveira Silva (seis anos e oito meses); Evandro Alves (nove anos e quatro meses); Bruno Leonardo de Matos Ferreira (nove anos); Márcio Vale de Souza (oito anos); Bruno Correia Martins (oito anos); Emerson Rodrigues Moraes (oito anos); Alex Rangel dos Santos (oito anos); Jaqueline Cunha de Carvalho (oito anos); Queli Cristina de Carvalho Rodrigues (oito anos).

Contra Evandro Alves, consta pelo Sistema de Cadastramento de Mandados de Prisão – Polinter – um mandado de prisão em seu desfavor, expedido pela 42ª Vara Criminal da Capital, pelo crime contigo no artigo 288 do CP - Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP) C/C Lei dos Crimes Hediondos (Lei 8.072/90)

Pelo Sistema de identificação Criminal, constam duas anotações: 40ª DP – 09/11/2005 – artigo 157, § 2º I e II do CP – Condenando a pena de 6 anos e 4 meses de reclusão, em regime fechado – 1ª Vara Criminal Regional de Bangu e CORE – 2009 – artigo 288 do CO C/C lei 8072/90 – Aguardando – 42ª Vara Criminal da Capital.

Pelo Sistema de Identificação Penitenciaria, consta que o procurado Evandro Alves, já teve passagem pelo sistema penitenciário. Ele ingressou em 18/11/2005 – Cadeia Pública Pedro Mello da Silva – SEAPPM – saindo em liberdade (custodiado) em 13/08/2007.

Pelo Sistema de Cadastramento de Ocorrências Policiais; 40ª DP – 2005 – Roubo e 35ª DP – 2010 – Quadrilha ou bando.

Processo nº: 0036136-46.2009.8.19.0205 (2009.205.036549-0)
Tipo do Movimento: Publicação de Edital
Descrição: Réu preso EDITAL DE CIÊNCIA DE SENTENÇA Com o prazo de 90 dias O MM Juiz de Direito, Dr.(a) Alessandra de Araujo Bilac Moreira Pinto - Juiz Titular do Central de Assessoramento Criminal - Cac - 42ª Vara Criminal da Comarca da Capital, RJ, FAZ SABER que o Dr. Promotor Publico em exercício neste Juizo denunciou: Ref. processo: 0036136-46.2009.8.19.0205 (2009.205.036549-0), Classe/Assunto Ação Penal - Procedimento Ordinário - Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP) C/C Lei dos Crimes Hediondos (Lei 8.072/90), Evandro Alves - Alcunha: Vando - Nacionalidade Brasileira - RJ - Data de Nascimento: 21/12/1974 Idade: 37 - RG: 09630554-5 Emissor: IFP - CPF: 034.356.837-32 - Endereço: Rua Oiticica, nº 576 - Campo Grande - Rio de Janeiro - RJ, ´(...) Desta forma JULGO PROCEDENTE a pretensão punitiva estatal para CONDENAR MICHEL CUNHA DE CARVALHO, IVO MATTOS DA COSTA JUNIOR, RUAN DE OLIVEIRA SILVA, EVANDRO ALVES, BRUNO CORREIA MARTINS, BRUNO LEONARDO DE MATOS FERREIRA, MARCIO VALE DE SOUZA, EMERSON RODRIGUES MORAES, ALEX RANGEL DOS SANTOS, JAQUELINE CUNHA DE CARVALHO e QUELI CRISTINA DE CARVALHO DO NASCIMENTO como incursos nas penas do artigo 288, parágrafo único do Código Penal c/c artigo 8º da Lei 8072/90. Terceira Fase: Milita em desfavor do condenado a causa especial de aumento da pena prevista no parágrafo único do artigo 288 do Código Penal, eis que restou demonstrado que a quadrilha é armada, aplicando-se em em dobro a pena encontrada na segunda fase, encontrando e tornando definitiva a pena, em decorrência da ausência de causas especiais de diminuição de pena de 09 anos e quatro meses de reclusão. Do regime: O acusado foi preso em 10 de novembro de 2011, ou seja, há cerca de 01 ano. Desta forma, atenta ao disposto no artigo 387, parágrafo 2º do CPP, introduzido pela Lei 12.376 de 30 de novembro de 2012, considerando a gravidade do delito em questão, as circunstâncias judiciais totalmente desfavoráveis, tendo sido tais organizações objeto de forte combate por parte forças de segurança deste Estado e, sendo o apenado reincidente, o regime inicial de cumprimento da pena( artigo 33, 2º, a, do Código Penal) será o fechado.(...)´ E como não tenha sido possível intima-lo(s) pessoalmente, por se encontrarem em lugar incerto e não sabido, pelo presente EDITAL, que começará a correr da data de sua publicação, ficam os ditos RÉUS intimados das Sentenças Condenatórias acima referidas, bem como o prazo legal de 5 dias para das mesma apelarem, querendo, cientes de que a sede deste Juizo funciona na Av. Erasmo Braga, 115 Lam. II - sala 412CEP: 20020-903 - Centro - Rio de Janeiro - RJ. E para que chegue ao conhecimento de todos e do(s) referido(s) acusado(s), foram expedidos Editais na forma da Lei. Dado e passado nesta cidade de Rio de Janeiro, 19 de Dezembro de 2012.Eu, ______________ , digitei. E eu, ______________ , o subscrevo.

(Atualizado em 17/01/2013)

Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca da Capital /42ª Vara Criminal
0036136-46.2009.8.19.0205
24/08/2011 - Lei 9296/96 - 10
1