Disque Denúncia Procurados

Buscar procurado

Dayana
Dayana Sermarini Soutello

  • Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06); Quadrilha ou Bando (Art. 288 - CP), § unico; Concurso Formal (Art. 70 - Cp)

    Classe: Ação Penal - Procedimento Ordinário
  • Amigo dos Amigos - ADA
  • Integrante do tráfico
  • Morro do Dezoito/Saçu - Quintino e Água Santa- RJ
  • 13/01/1988
  • RG Nº. (I.F.P.)272.860.96 - 6
  • Rio de Janeiro - RJ
  • Procurado

Histórico

Dayana Sermarini Soutello, faz parte do tráfico de drogas que age no Morro do Dezoito, em Piedade.

Contra Dayana Sermarini Soutello, consta pelo Sistema de Cadastramento de Mandados de Prisão – Polinter - , mandado de prisão expedido pela 38ª Vara Criminal da Capital/RJ – Lei 11343/06.

Pelo Sistema de Identificação Criminal, consta uma anotação pela Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis – DRFA – 28/02/2007 – artigo 288 do CP artigo 35 da Lei 11343/6.

Processo nº: 0023410-15.2010.8.19.0202
Tipo do Movimento: Publicação de Edital
Descrição: EDITAL DE CITAÇÃO E NOTIFICAÇÃO (Com o prazo de 10 dias) O MM. Juiz de Direito, Dr.(a) Nearis dos S. Carvalho Arce - Juiz Titular do Cartório da 38ª Vara Criminal da Comarca da Capital, Estado do Rio de Janeiro, FAZ SABER que o Promotor de Justiça Titular deste juízo, denunciou o nacional Dayana Sermarini Soutello - Nacionalidade Brasileira - RJ - Estado Civil: Solteiro - Data de Nascimento: 13/01/1988 Idade: 23 - RG: 27286096-6 Emissor: IFP/DETRAN - Endereço: Rua Vinte e Quatro de Maio, nº 911 , Aptº 101 - CEP: 20950-091 - Sampaio - Rio de Janeiro - RJ; Rua Lemos de Brito, nº 824 - Quintino Bocaiúva - Rio de Janeiro - RJ, acusado nos autos de nº 0023410-15.2010.8.19.0202, oriundo do Inquérito, nº 17122/06 de 14/12/2007, da DRFA- Delegacia de Roubos e Furtos Automóvel I, como incurso no(a) Ação Penal - Procedimento Ordinário - Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06); Quadrilha Ou Bando (Art. 288 - Cp), § unico; Concurso Formal (Art. 70 - Cp), . Como não tenha sido possível citá-lo(a) e nem notificá-lo(a) pessoalmente, por se encontrar em local incerto e não sabido, pelo presente edital, cita e notifica o(a) referido(a) acusado(a) para responder aos termos da ação penal, por escrito, no prazo de dez (10) dias onde poderá arguir preliminares e alegar tudo o que interessa à sua defesa, oferecer documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas. Não apresentada a resposta no prazo legal, ou se o(a) acusado(a) citado(a), não constituir defensor, o juiz nomeará defensor público para oferecê-la. O prazo começará a fluir a partir do comparecimento pessoal do acusado(a) ou do defensor constituído (art. 396, CPP). O processo seguirá sem a presença do(a) acusado(a) que citado(a), deixar de comparecer sem motivos justificados (art. 367 do CPP). E para que chegue ao conhecimento de todos e do referido acusado(a), foi expedido o presente edital. Rio de Janeiro, 09 de dezembro de 2011. Eu, ______________ Nelzina Manske - Escrivão - Matr. 01/19191, o subscrevo. Nearis dos S. Carvalho Arce - Juiz Titular Fonte TJRJ -

(Atualizado em 19/07/2012)

Mandados

Origem Processo expedição
38ª Vara Criminal/Capital 0023410-15.2010.8.19.0202 23/02/2011 - Lei 11343/06