Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Vovô Tarado do Bananal
Gelson Felipe Nazareno
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
27/04/1950
RG:
nº -02.669.490-0/IFP
Natural:
Rio de Janeiro
Situação:
Procurado
Crimes:
Homicídios
Área de Atuação:
Ilha do Governador
Histórico:
Em dezembro de 99, na Praia da Guanabara, Ilha do Governandor, zona norte do Rio, por volta das 17:30h, Gelson Felipe Nazareno, atropelou e matou o vendedor Jurandir Martins Dias. Jurandir foi lançado contra uma árvore e morreu de traumatismo craniano. O fato se deu após Jurandir chegar a trailler na referida praia, onde já se encontrava “Gelson”, acomapnhada de quatro mulheres. Este achando que Jurandir havia olhado para uma delas, saiu em direção a vitima de braços abertos é disse: está de olho na mulher dos outros. Jurandir revidou com palavras, e colocou a mão no peito de Gelson, empurrando-o. Depois disso, Gelson saiu em direção a Rua Apiacaba, e de lá retornou, foi quando Jurandir lhe aplicou uma rasteira. Após este fato Gelson foi embora, e Jurandir observando que ele não voltaria mais, também foi embora, dirigindo-se a praça principal. Foi quando apareceu um Opala e seu condutor – Gelson - efetou a primeira tentava de atropelar Jurandir. Este não obtendo exito retornou e consegiu atingir Jurandir, que foi projetado contra uma arvoré, tendo morte instantânea. O processo levou quatro anos para ser julgado: 17 de novembro 2003, Gelson, conhecido como “Vovô Tarado do Bananal”, foi a júri popular, no fórum do Cocotá, e foi condenado a 15 anos de prisão. Jurandir morava nos Bancários, era casado e era conhecido como “Ratinho”, apelido que tinha desde a infância. Desde então Gelson sumiu, e é considerado foragido da justiça.(Atualizado em 25/08/11)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
1ª Vara Criminal/Ilha do Governador/RJ
2000.207.005185-6
30/08/2005
1