Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Paulo Roberto
Paulo Roberto da Silva Dias
Situação:
Capturado
Crimes:
Capturado


Estupro/Atentado Violento ao Pudor
Função:
Estuprador
Área de Atuação:
Zona Sul do Rio de Janeiro
Histórico:
Prisão realizada por 15ª DP/Gávea

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que prendeu, no início da noite do dia 25/02, Paulo Roberto da Silva Dias, acusado de estuprar uma menina de 12 anos dentro de um ônibus, no dia 16/02/2012 deste mês. Ele foi reconhecido pela cobradora e pelo motorista do veículo onde a menor foi abusada. O bandido, saiu do presídio de Água Santa em liberdade condicional um dia antes de cometer o crime.

Segundo a polícia, Paulo Roberto foi preso quando tentava assaltar duas mulheres em outro coletivo. Ele foi apresentado na sede da 15ª Delegacia de Polícia, da Gávea, que cuida do caso.

A menina foi estuprada dentro de um ônibus da linha 162 (Glória/Leblon), da Viação São Silvestre, na tarde de quarta-feira. De acordo com informações do delegado Fábio Barucke, da 15ª DP, na hora do crime, estavam no ônibus a cobradora e duas mulheres, além da vítima.

Ao entrar no ônibus, o homem acusado de cometer o estupro exigiu, segurando uma arma, que a menina sentasse na parte traseira do ônibus, consumou o crime e mudou de lugar. Depois ele assediou outra mulher, que reagiu com um grito. Após a reação, o criminoso fugiu do coletivo para um outro ônibus no Jardim Botânico, sentido São Conrado.

Histórico:


O Disque-Denúncia lançou uma campanha por informações que levem a identificação e prisão do homem acusado de estuprar uma adolescente de 12 anos dentro de um ônibus no Jardim Botânico, na última quarta-feira (15) na zona sul do Rio.

O crime aconteceu na linha 162 (Glória-Leblon), por volta das 12h30m, na Rua Jardim Botânico. De acordo com agentes da Delegacia da Gávea (15ª DP), o suspeito entrou no ônibus e se aproveitou da ausência de passageiros para consumar o ato. No momento do crime, havia apenas algumas mulheres dentro do coletivo, que alegaram nada ter visto.

Ele é moreno, tem cerca de 1,60 metro, uma cicatriz no braço direito e usa o cabelo raspado.

Quem tiver informações sobre ele ligue para o Disque-Denúncia - 2253-1177. O anonimato é garantido.
1