Compartilhe:



 
Compartilhe:
Dininho
Nielson Paiva de Araújo
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
16/09/1988
RG:
RG - 214.521.577- IFP/RJ
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
Tráfico de Drogas

Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06) E Aumento de Pena Por Tráfico Ilícito de Drogas (Art. 40 - Lei 11.343/2006), IV

Associação para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06)
Facção:
Comando Vermelho
Função:
Integrante do tráfico
Área de Atuação:
Jacaré e Jacarezinho - Rio de Janeiro
Histórico:
Nielson Paiva de Araújo, vulgo “Dininho” pertence ao tráfico de drogas do Complexo do Jacarezinho e é ligada a facção criminosa Comando Vermelho.

“Dininho” possui duas anotações criminosas por:

Artigo 33 lei 11343/06 C?C Artigo 35 da lei 11.343/06
Artigo 33 e 35 da lei 11343/6 e Artigo 14,15 e 16 da Lei 10826/2003
Artigo 33 e 35 lei 11343/06 C?C Artigo 35 da lei 11.343/06

Possui também quatro ocorrências policiais por:
Associação para tráfico de Drogas – Lei 11.343/06 –
Homicídio – Tentativa
Dano a Patrimônio Público


E possui mandados de prisão expedidos pelas 33ª - Vara Criminal da Capital.

A Favela do Jacarezinho é atacadista de cocaína e maconha para quase toda a cidade. Ali se encontram diversos traficantes de regiões onde foram implantadas Unidades de Policia Pacificadora. Anoitece no cruzamento das avenidas Dom Helder Câmara e dos Democráticos, na chamada “esquina do medo”, é um sinal vermelho para os motoristas, mas verde para o tráfico. Esse pânico faz parte da rotina. Quem manda, por enquanto, é o tráfico. O direito de ir e vir, na esquina do medo, é determinado pelo cano de pistolas e fuzis. No local, se desenrola uma guerra fria que, para ferver, precisa apenas de uma fagulha.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO COMARCA DA CAPITAL 33ª VARA CRIMINAL Processo nº 0085595-13.2010.8.19.0001
Trata-se de representação da Autoridade Policial pela prisão preventiva de Nielson Paiva de Araújo,
ANTE O EXPOSTO, DECRETO A PRISÃO PREVENTIVA DO DENUNCIADO. Expeçam-se mandados de prisão em desfavor do acusado, comunicando-se, imediatamente, à Polinter, SEAP e ao Delegado de Polícia da 21ª DP, bem como aos demais órgãos de praxe, devendo o cumprimento dos mandados de prisão se dar em conjunto com os de notificação.. Dê-se ciência ao M.P. Rio de Janeiro, 26 de maio de 2010. Claudia Pomarico Ribeiro Juiz de Direito

Fonte: Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

(Atualizado em 28/12/2011)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
33ª Vara Criminal/Capital
0085595-13.2010.8.19.0001
11/03/2010
32ª Vara Criminal/Capital
0241165-94.2007.8.19.0001
13/12/2007
32ª Vara Criminal/Capital
0462790-69.2008.8.19.0001
09/12/2008
1