Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Guiguinho
Sérgio Luiz Barroso da Silva
Nascimento:
09/12/1978
RG:
nº - 111.891.214 / IFP
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Capturado
Crimes:
Capturado

Saidinha de Banco

Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), I e II
Função:
Assaltante de Banco ( Saidinha de Banco)
Área de Atuação:
Jacarepaguá e Barra da Tijuca
Histórico:
Sérgio Luiz Barroso da Silva, vulgo “Guiguinho” é acusado de participar de uma quadrilha que pratica o golpe denominado “saidinha de banco” nos bairros de Jacarepaguá, Barra da Tijuca, Tijuca, Méier, Leblon e Recreio. Ele possui cicatrizes pelo corpo e algumas tatuagens.

A quadrilha de que ele faz parte não costuma agir nas proximidades do banco. Eles esperam a vitima sacar quantias de vultosas, e abordam em locais ermos e fora do perímetro do banco.

Já esteve preso em julho de 2004, ingressando na Cadeia Publica Paulo Roberto Rocha, e saiu em liberdade em junho de 2006 após cumprir pena no Presidio Elizabeth Sá Rego. Condenado a quatro anos de reclusão pelo 17ª Vara Criminal de Capital – em 2004.

Possui três anotações criminais por:

Artigo 157 &2º I e II – Roubo Majorado C/C Artigo 14 II do Código Penal

Possui também quatro ocorrências policiais por:

Roubo após Saque em Instituição Financeira

Mandados de Prisão:

0160612-21.2011.8.19.0001
Tipo do Movimento:
Despacho
Descrição:
PROCESSO Nº 0160612-21.2011.8.19.0001 ARTIGO: 157, § 2º, I e II do CP AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO RÉU: SERGIO LUIZ BARROSO DA SILVA TERMO DE AUDIÊNCIA Aos 5 de outubro de 2011, às 14:30h, na sala de audiências deste Juízo, perante o MM. Juiz de Direito, Dr. RODRIGO JOSÉ MEANO BRITO, realizou-se a audiência designada nos autos. Presente o Ministério Público. Aberta a audiência, ao pregão, à hora marcada, não respondeu o acusado. Presente a defensoria pública. Pelo MM. Juiz de Direito foi proferida a seguinte DECISÃO: EXPEÇA-SE MANDADO DE PRISÃO PARA O ENDEREÇO DE FLS. 134. JUNTE-SE O MANDADO DE FLS. 145 CUMPRIDO. APÓS, VOLTEM CONCLUSOS. NADA MAIS HAVENDO, mandou que se encerrasse a presente, às 17:30h, após lido e achado conforme. RODRIGO JOSÉ MEANO BRITO Juiz de Direito Ministério Público

0028260-75.2011.8.19.0203
Tipo do Movimento:
Decisão
Descrição:
Considerando que estão presentes os requisitos do art. 41 do CPP e considerando que estão ausentes as hipóteses do art. 395 do CPP, RECEBO A DENÚNCIA oferecida em face de Sérgio Luiz Barroso da Silva pela prática do crime do art. 157, § 2º, I e II, do CP. Cite-se. Providencie-se a FAC. Passo a enfrentar o pleito prisional, o qual há de ser acolhido pelos seguintes fundamentos. GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA: É que as circunstâncias narradas na denúncia revelam que as pessoas de bem de nossa sociedade devem ser preservadas do contato com o réu, o qual, ao que parece, escolheu o caminho do crime para trilhar. CONVENIÊNCIA DA INSTRUÇÃO CRIMINAL: Ademais, também considerando as circunstâncias expostas na prefacial, é razoável crer que a vítima ficará atemorizada para depor em juízo, caso o réu esteja em liberdade. APLICAÇÃO DA LEI PENAL: Por último, a prisão também é necessária porque inexiste prova de vínculo sério do réu com o distrito da culpa. Dessa forma, DECRETO A PRISÃO PREVENTIVA do réu, pelos fundamentos destacados, a teor do art. 312 do CPP. Expeça-se mandado de prisão.

(Atualizado em 19/10/2011)



1