Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Max
Charles Maximillian Lutz
Nascimento:
12/07/1970
RG:
Califórnia - nº. A3961922
Natural:
Califórnia - EUA
Situação:
Procurado
Crimes:
Pedófilo
Função:
Pedófilo
Área de Atuação:
Rio de Janeiro, Inglaterra e EUA
Histórico:
Charles Maximillian Lutz, de 39 anos, um homem acima de qualquer suspeita. Essa é a descrição dada pelas vitimas, deste executivo americano, que fala quatro idiomas. Ele é acusado de molestar sexualmente, em 2004, quatro meninos, todos moradores de uma comunidade carente, em Campo Grande, Zona Oeste, do Rio de Janeiro.

Indiciado por atentado violento ao pudor Art. 218 - Corromper ou facilitar a corrupção de pessoa maior de 14 (catorze) e menor de 18 (dezoito) anos, com ela praticando ato de libidinagem, ou induzindo-a a praticá-lo ou presenciá-lo: Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos e exploração sexual pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima - DCAV -.

Ele está com prisão expedida pela Justiça, e responde ao processo número 2007.001.113869-8, pela 33ª Vara Criminal / Capital. As investigações tiveram início em Fevereiro de 2007, quando a mãe de um dos meninos, disse a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima - DCAV - , que seu filho havia feito sexo oral, com um homem mais velho. Ele começou a sair com o menor, levando-o a passeios pelo Rio, e depois começou a lhe oferecer dinheiro em troca de favores sexuais. Outros menores também haviam feito sexo com ele, mediante a paga. A Polícia Federal e a Interpol já foram informadas sobre o mandado de prisão contra Max. Ele está foragido desde 3 de fevereiro de 2007, um dia após ter sua prisão decretada pela Justiça do Rio.

Qualquer informação sobre o estrangeiro deve ser repassada ao Disque-Denúncia (2253-1177)
1