Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Jean
Jean Pierre Laranjeiras Duarte
Nascimento:
25/06/1987
RG:
nº - 20.555.755-6 - IFP
Natural:
Rio de Janeiro
Situação:
Morto
Crimes:
Tráfico de Drogas Roubo - Assalto a Mão Armada -

Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), inciso I, II E V do CP

Assunto: Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), inciso I, II E V do CP
Facção:
Comando Vermelho
Função:
Assaltante
Área de Atuação:
Penha, Vila da Penha, Vicente de Carvalho, Vila Kosmos, Vaz Lobo, Irajá, Madureira e Jacarepaguá
Histórico:
Operação realizada por Polícia Militar e BOPE - 15/05/2012

Em operação no Morro do Chapadão, em Costa Barros, a Polícia Militar intensificou as investidas para coibir a ação dos criminosos. Por volta das 6h desta terça-feira, cerca de 160 homens voltaram à comunidade numa operação que contou com o reforço de seis batalhões, incluindo o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Após a retomada de territórios que antes eram dominados pelo tráfico, como Complexo do Alemão e Penha, a área se tornou um dos principais redutos da facção Comando Vermelho.

A PM apreendeu armas, drogas e veículos roubados. Segundo a polícia, quatro traficantes morreram após troca de tiros, entre os eles estavam Pedro Henrique Oliveira de Sousa, o Pedrinho, e Jean Pierre Laranjeiras Duarte, o Jean, que pertenciam à quadrilha de Emerson Ventapane da Silva, o Mão, preso na ocupação policial no Complexo do Alemão em 2010. O bandido preso era chefe de uma quadrilha conhecida como “Bonde do Mão”, responsável por roubo de carros e assassinatos de policiais.



Processo nº:
0033398-94.2009.8.19.0202
Tipo do Movimento:
Despacho
Descrição:
Certifique o cartório o resultado das diligências realizadas para citação/prisão dos réus Jean, Fábio, Pedro, Gustavo e Emerson, bem como se existem novos endereços a serem diligenciados. Defiro a confecção de cópia do CD de fls. 342, devendo a defesa, para tanto, deixar em cartório um CD virgem. Após, será designada data para as oitivas das testemunhas Carlos e Luiz, indicadas a fls. 350, bem como para o interrogatório do réu Anderson.
Processo nº:
0033398-94.2009.8.19.0202
Tipo do Movimento:
Decisão
Descrição: Mandado de Prisão
Processo nº 2009/0033398-94 DECISÃO Vistos, etc. O Ministério Público ofereceu denúncia em face de JEAN PINHEIRO LARANJEIRA DUARTE, , PEDRO HENRIQUE DE SOUZA, GUSTAVO SILVA DE PAULA e EMERSON VENTAPANE DA SILVA, qualificado nos autos do Inquérito Policial em anexo, pela prática, em tese, do delito tipificado no Artigo 157, § 2º, incisos I, II e V, do Código Penal. Requer o Parquet, além das diligências de praxe, a decretação da prisão preventiva dos denunciados, sob a alegação da prática de roubo com emprego de arma de fogo, concurso de agentes e retenção da vítima, o que abala a tranqüilidade social. Os fatos narrados na denúncia são graves, praticados mediante emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e retenção da vítima, configurando grave ameaça à pessoa da vítima. Assim, entendo necessária a decretação da prisão preventiva dos denunciados, para a garantia da instrução criminal, pois, em liberdade, poderá o mesmo intimidar a vítima, bem como da ordem pública. Isto posto, DECRETO A PRISÃO PREVENTIVA DE JEAN PINHEIRO LARANJEIRA DUARTE, , PEDRO HENRIQUE DE SOUZA, GUSTAVO SILVA DE PAULA e EMERSON VENTAPANE DA SILVA, com base no disposto no Artigo 312 do Código de Processo Penal. Expeçam-se mandados de prisão. Recebo formalmente a denúncia. Defiro a cota do Ministério Público. Citem-se os réus, na forma da nova Lei Processual, quando do cumprimento dos mandados de prisão. Intime-se o Ministério Público. Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 2009.

(Atualizado em 16/05/2012)

Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
1ª Vara Criminal/Capital
0033398-94-2009.8.19.0202
11/12/2009
1