Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Leozinho
Leonardo da Silva Madalena
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
13/05/1993
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 288.648.561
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
1 -
Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), inciso IV do CP; Crimes de Tortura (Art. 1º - Lei 9.455/97), inciso I, "a"

2 - Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP)/Processo No 0014609-61.2016.8.19.0021

3 - Tráfico de Drogas e Condutas Afins (Art. 33 - Lei 11.343/06) E Associação Para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06
Facção:
Comando Vermelho - CV
Função:
Integrante do Tráfico de Drogas
Área de Atuação:
Vai quem Quer - Duque de Caxias
Histórico:
O Portal dos Procurados divulga nesta sexta-feira, dia 27/04, cartaz com recompensa de R$ 1 mil reais por informações que levem a prisão de Leonardo da Silva Madalena, o Leozinho, de 25 anos. Ele foi denunciado pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) do Frei Antônio Moser, de 75 anos, ocorrido em março de 2016.

Morador de Petrópolis, o Frei Antônio Moser seguia para o Rio de Janeiro, por volta das 6h da manhã da quarta, (09/03), quando estava indo para o aeroporto, de onde viajaria a São Paulo para dar uma palestra, quando foi abordado, na altura de Duque de Caxias, por dois criminosos em uma motocicleta sem placa - Leonardo que guiava a moto, e um segundo indivíduo identificado como Marcelo Francisco da Silva, o ML, já falecido, autor dos disparados. Como o frei não acatou a ordem de parar o carro, ML efetuou disparos de arma de fogo contra o frei, que morreu ainda no local.

Leonardo da Silva Madalena foi denunciado pelo MPRJ pela prática do crime de latrocínio porque prestou auxílio moral e material ao conduzir o autor dos disparos com sua motocicleta, assim como por ter prestado auxílio na fuga.

De acordo com as investigações da DHBF, coordenadas pelo Delegado Drº André Barboza à época do crime, o assalto teria sido ordenado por Marcelo Francisco da Silva, da comunidade “Vai Quem Quer”, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, contrariando determinação expressa do dono do tráfico local, Em virtude da repercussão do crime ter provocado uma série de incursões policiais na comunidade, Marcelo acabou julgado pelo “tribunal do tráfico” e morto a tiros em 12 de março de 2016.

Contra Leonardo Madalena, pelo crime do Frei Antonio Mozer, consta mandado de prisão nº 0014609-61.2016.8.19.0021, expedido pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias, pelo crime de Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP).Em desfavor do acusado há mais dois mandados de prisão pelos crimes de Homicídio Qualificado (Art. 121, § 2º - CP), inciso IV do CP; Crimes de Tortura (Art. 1º - Lei 9.455/97), inciso I, "a" e Tráfico de Drogas e Condutas Afins (Art. 33 - Lei 11.343/06) E Associação Para a Produção e Tráfico e Condutas Afins (Art. 35 - Lei 11.343/06.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do acusado, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Todas as informações serão direcionadas para Delegacia de Homicídios da Capital da Baixada – DHBF - que está encarregada das investigações.
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca de Duque de Caxias/4ª Vara Criminal
Processo No 0035638-70.2016.8.19.0021
05/07/2016
Comarca de Duque de Caxias/3ª Vara Criminal
Processo No 0296454-31.2015.8.19.0001
11/05/2017
Comarca de Duque de Caxias/2ª Vara Criminal
Processo No 0014609-61.2016.8.19.0021
07/06/2017
1