Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Aleksander
Aleksander da Conceição de Souza
Recompensa:
R$ 5 Mil
Nascimento:
10/09/1996
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 258.058.627
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
Latrocínio

1 - Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP)

2 - Homicídio Simples (Art. 121, caput - CP), ART 157, CAPUT C/C ART 14, II AMBOS DO CP

3 - Roubo Qualificado C/c Lesão Corporal Grave (Art. 157, § 3º, 1ª Parte - C. P.)
Função:
Assaltante
Área de Atuação:
Rio de Janeiro - RJ
Histórico:
Portal dos Procurados oferece recompensa de R$ 5 mil reais por informações que levem a captura de Aleksander da Conceição de Souza, 20 anos e Leon de Almeida Izidro Soares, de 22. Eles são os dois últimos acusados de envolvimento na morte do policial civil da Draco, Rivagner Batista dos Santos, de 52 anos, em abril deste ano. De acordo com o portal, Aleksander é o mais violento, perigoso e o líder do grupo que assassinou o policial.

Rivagner era lotado Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado – Inquéritos Especiais (DRACO-IE), e foi baleado durante uma tentativa de assalto, no Viaduto do Gasômetro, Região Portuária, e ficou internando no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, Zona Norte da cidade, e morreu quatro dias depois.

Policiais civis da Delegacia de Homicídios (DH) Capital, com apoio da 20ª DP (Vila Isabel), após uma ação policial iniciada na sexta-feira, prenderam na manhã de sábado, André Ávila Franco de Lima, conhecido como "Balinha" de 21 anos. Segundo investigações da DH, diligenciadas pelo Delegado Drº Fábio Salvadoretti, ele é a quarta pessoa presa, que tinha envolvimento na morte do policial.

Também já foram presos, Rayene Rodrigues da Silva, a "Monoco", presa na semana passada, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e Werneck Macedo Soares, 19 anos, preso dias depois do crime. Um adolescente de 17 anos também foi apreendido.

Em desfavor dos dois ainda foragidos, foram expedidos os seguintes mandados de prisão. Para Aleksander da Conceição, foi expedido mandado de prisão pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e contra Leon de Almeida, pelo crime de homicídio simples. Contra Aleksander ainda constam mais dois mandados por homicídio e crimes contra o patrimônio.

O Disque-Denúncia pede que quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos acusados ainda foragidos Aleksander e Leon, envolvidos na morte do policial da Draco, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pela mesa de atendimento do
Disque-Denúncia (21) 2253-1177, O Anonimato é garantido.

UM dos Mandados de Prisão:


234990-69.2016.8.19.0001
Tipo do Movimento: Decisão
Descrição: Trata-se de representação da ilustre autoridade policial, pelo deferimento da prisão temporária de ALEKSANDER DA CONCEIÇÃO DE SOUZA, RAYENE RODRIGUES DA SILVA e WERNECK MACEDO SOARES, pela prática da conduta criminal prevista nos arts. 157, §3º, do CP. Como bem ressaltado pelo Parquet, presentes se encontram os pressupostos autorizadores da decretação da prisão temporária. Examinados, decido. Conforme consta no procedimento, a vítima fatal foi atingido por disparos de arma de fogo após ter reagido a um assalto a um motociclista no Elevado da Perimetral/Gasômetro. A existência do crime está cabalmente demonstrada pelos fartos elementos probatórios constantes dos autos, em especial o auto de apreensão de fl.55, laudos de fls. 57/65, guia de remoção de cadáver de fls. 32/33 e autos de reconhecimento fotográfico ( fls.69/74 e 90/97). Nesse contexto, há fortes indícios de que os investigados tenham sido alguns dos autores do delito em apuração neste inquérito, fato que associado às declarações das testemunhas e do próprio menor que participou do crime caracteriza o fumus comissi delicti nos termos do art. 1º, III, ´c´, da Lei 7.960/89, A segregação cautelar dos indiciados faz-se necessária por ser imprescindível para as investigações criminais, com a oitiva de outras testemunhas e dos investigados, identificação de outros participantes da empreitada criminosa, e para a garantia da ordem pública, eis que há relatos de que os indiciados continuam praticando crimes na região de Manguinhos, ante a presença do periculum libertatis, previsto no inciso I, do art. 1º, da Lei 7960/89. Saliente-se que o crime foi gravíssimo, praticado contra um agente de segurança do Estado, gerando grande repercussão social merecendo imediata resposta estatal. Ante o exposto, DEFIRO A REPRESENTAÇÃO para Decretar a prisão temporária de ALEKSANDER DA CONCEIÇÃO DE SOUZA, RAYENE RODRIGUES DA SILVA e WERNECK MACEDO SOARES, pelo prazo de 30 dias, com fundamento nos artigos 1º, I e III, ´c´, da Lei 7.960/89 c/c art.2º, § 4ºda Lei 8072/90. Expeçam-se os competentes mandados de prisão. Após, devolvam-se os autos à D.P.

Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca da Capital/33ª Vara Criminal
0140564-65.2016.8.19.0001
12/09/2016
Comarca da Capital Vara do Plantão Judicial
0234990-69.2016.8.19.0001
18/07/2016 _ Temporária
Comarca da Capital/23ª Vara Criminal
87959-79.2015.8.19.0001.0002
20/08/2015
1