Compartilhe:



 
Compartilhe:
Lucas
Lucas Sanches Rosa
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
04/01/1997
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 310.026.885/IFP/DETRAN
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
Estupro/Atentado Violento ao Pudor Violência Dom. e Fam. Contra a Mulher

1 - Estupro (Art. 213 - CP)
Função:
Estuprador
Área de Atuação:
Rio das Ostras - RJ
Histórico:
O Portal dos Procurados divulga nesta quinta-feira, dia 08/09, cartaz com recompensa de R$ 1 mil reais por informações que levem a captura de Lucas Sanches Rosa, de 19 anos. Ele é acusado de ter estuprado uma moradora de Rio das Ostras, Região dos Lagos, no Norte Fluminense.

Na madrugada do domingo, dia 3 de julho, a vítima de 27 anos, que estava no terceiro período de gestação, caminhava pela Rua João Viana, no Centro, quando foi abordada por Lucas que simulava estar armado. Ele exigiu que a mesma montasse na garupa de sua bicicleta, e a levou até debaixo de um viaduto. Ela reagiu e os dois entraram em luta corporal, mas mesmo assim ele ainda conseguiu bater na cabeça da vítima com uma pedra e consumou o estuprou.

Amedrontada, ela teria pedido para ele não a matar e em troca, Lucas poderia roubar o que quisesse na casa onde ela morava com a mãe e a irmã. Então, ele a fez de refém e a obrigou a levá-lo em sua casa. Chegando à residência, para disfarçar, Lucas teria se passado por um amigo da vítima. Porém ela teria feito um sinal para a mãe, que de imediato pediu socorro aos vizinhos. Lucas fugiu em seguida, mas não sem antes ameaçar a vítima e sua família.

Com base nas provas colhidas durante a investigação, diligenciadas pela Delegada Titular da 128ª DP, Drª Juliana Rattes, foi comprovada a autoria do crime e, em razão da necessidade da medida, foi representada pela decretação da prisão temporária de 30 dias do suspeito.

Na tarde do dia 01/08, Lucas foi preso na própria residência, situada na Rua Madureira, na Liberdade, em Rio das Ostras, e após ser levado para delegacia, ele foi reconhecido pela vítima, como o autor das agressões e do estupro.

Porém, como o mandado de prisão era de trinta dias, foi pedido à Justiça que a temporária, fosse convertida em prisão preventiva. No dia 30/08 foi concedida a preventiva, mas Lucas já havia saído da prisão, se valendo do período de trinta dias da temporária, e agora ele é novamente considerado foragido da Justiça.

Foi expedido um mandado de prisão preventiva, pelo Juízo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 2° Cartório da 2ª Vara Criminal de Rio das Ostras, nº 7903-18.2016.8.19.0068.0001, pelo crime contido no artigo 213 – Estupro, datado em 30/08/16.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Lucas Sanches Rosa, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/ou pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177. Garantimos o Anonimato.

Todas as informações relativas ao caso estão sendo encaminhadas para 128ª DP, que está encarregada do inquérito criminal.
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca de Rio das Ostras/2ª Vara
0007903-18.2016.8.19.0068
30/08/2016
1