Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Gugui
Mário Sérgio Rocha Martins
Nascimento:
16/06/1979
RG:
nº - 11.537.175.9 - IFP
Natural:
Rio de Janeiro
Situação:
Capturado
Crimes:
Capturado

Matuto
Facção:
Comando Vermelho
Função:
Matuto
Área de Atuação:
São Gonçalo e Niterói
Histórico:
Prisão realizada por 77º DP - Icaraí - 02/06/2012

Chefe do tráfico do Morro do Martins é preso em São Gonçalo


Policiais da 77ª DP (Icaraí) prenderam, nesta segunda-feira (02/07), um homem apontado como o chefe do tráfico do Morro do Martins, em São Gonçalo. Mario Sergio Rocha Martins, o "Guguí" ou "G.U", 33 anos, tem ligações com os traficantes que estão em presídio federal fora do estado do Rio de Janeiro, Luiz Paulo Gomes Jardim, o "Luiz Queimado", e Paulo Cesar Gomes Jardim, o "Paulinho Madureira".

Segundo os agentes, em 2005 "Guguí" foi preso por tráfico de drogas no Morro do Tabajaras, em Copacabana, e o Disque Denúncia oferecia R$2.000 por sua captura. Contra ele estavam expedidos três mandados de prisão, por tráfico de drogas e formação de quadrilha em um inquérito em que responde junto com os traficantes “Gaguinho” e “Pixote” do morro da Coruja, em São Gonçalo.

Histórico:


Mário Sérgio Rocha Martins, o Gugui, traficante de São Gonçalo, teria voltado ao Morro do Martins, em Neves, para ocupar o cargo de coordenador do paiol do movimento e fornecedor de drogas.

Teria sido dele o comando dado aos três pastores de uma igreja evangélica, presos em março de 2010 no Mato Grosso do Sul, para trazer para São Gonçalo o carregamento de sete fuzis M-15 calibre 5.56. A perda dos sete fuzis, encomendados representa um prejuízo para o traficante que pode chegar a R$ 105 mil, de acordo com os depoimentos dos pastores à Polícia Rodoviária Federal. Cada um teria sido comprado por R$ 15 mil.

O traficante foi apontado pela polícia como responsável pelo desvio de mais de 1,1 mil balas de fuzil calibre 7,62 do 3º Batalhão de Infantaria do Exército, em Venda da Cruz em 2003. Ele é o braço-armado dos traficantes Luiz Paulo Gomes Jardim, o “Luiz Queimado” e, Paulo César Gomes Jardim, o “Paulinho Madureira”, atualmente presos em presídios federais. Todos ligados a facção Comando Vermelho.

Gugui foi preso em junho de 2005, na Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, no Rio, por policiais da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (DRAE). Recebeu liberdade condicional, mas já tem contra si um mandado de prisão temporária decretado pela então juíza Patrícia Acioli, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, por envolvimento em homicídios ocorridos na cidade. Após sair da cadeia o Gugui, se tornou o principal atacadista (matuto) do CV no eixo Niterói-São Gonçalo.

(Atualizado em 02/02/2012)


Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
VEP/RJ
2007-120058
01/08/2011
Plantão Judiciário
0002.95462-2010.8.19.0002
24/01/2010
4ª Vara Criminal / Capital
2004.004.018612-7
09/06/2011
VEP/RJ
2007-120025
01/08/2011
1