Compartilhe:



FOTOS:
 
Compartilhe:
Robozinho
Rodrigo Jaccoud
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
09/12/1979
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 131.088.767
Natural:
São Gonçalo - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
Evadido do Sistema Penitenciário
Facção:
Comando Vermelho - CV
Função:
Gerente do Tráfico de Drogas
Área de Atuação:
Marica e Mangueira - RJ
Histórico:
Rio 29/05/2017

erca de nove meses após ser preso, Rodrigo Jaccoud - o Gordinho da Mangueira, Robozinho ou Robô - ganhou liberdade de um dos presídios do Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Norte do Rio, por engano neste fim de semana.

Após ter a prisão preventiva revogada em um dos processos pelos quais responder, o criminoso que figura entre as lideranças de uma das maiores facções do Rio e de São Gonçalo está novamente foragido, mesmo tendo ainda três mandados de prisão. Um deles é por matar um subtenente da PM na região.

De acordo com a Polícia Civil, o delegado titular da Polinter, Marcio Dubugras, instaurou procedimento interno investigatório para apurar o caso.


Prisão realizada por 35º BPM - 25/08/2016

A Polícia Militar prendeu, na tarde desta quarta-feira, o homem apontado como o chefe do tráfico das comunidades do Plano e Monjolos, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Rodrigo Jaccoud, de 37 anos, foi capturado no bairro Aldeia Velha, município de Silva Jardim, no Norte Fluminense, depois de ser detido circulando pelo local em uma moto sem placa, acompanhado de uma adolescente de 17 anos. A prisão do acusado — conhecido t

Histórico:

Rodrigo Jaccoud, o Gordinho da Mangueira ou Robô ou Robozinho é procurado por estar na condição de Evadido do Sistema Penitenciário. Ele ingressou em 18/12/2010, indo para a Cadeia Pública Jorge Santana. Entre 2011 e 2014, ocorreram quatro transferências internas. No dia 08/02/2014, cumpria pena no Instituto Penal Edgard Costa, saiu em evasão e não mais retornou mais a sua unidade prisional.

Ele tem uma série de passagens pela polícia. Ele também foi libertado do sistema penitenciário em 2009 após oito homens armados com fuzis entrarem na Polinter, na Zona Oeste do Rio e libertarem 30 homens, entre eles o ‘Robozinho’ sem disparar sequer um tiro. Ele teria ido para o ‘Complexo do Alemão’ em 2010 e fugiu após a ocupação, sendo preso em Itaboraí poucos dias depois, após uma denúncia anônima, mas foi colocado em liberdade pouco tempo depois pela Justiça.

Rodrigo Jaccoud seria o principal suspeito do assassinato de Denilson Carola dos Santos, o ‘Denilson do Parapente’, mais conhecido como ‘Primo’, que mantinha uma pensão no alto da Serra do Camburi, no bairro Pindobas, em Maricá.

De acordo com o Chefe do Setor de Investigações (SI) da 82 DP (Maricá), José Renato Oliveira, a descoberta de que o traficante teria participado da morte de Denilson veio após a polícia ouvir os depoimentos de testemunhas e familiares. Denilson teria descoberto um possível ‘acampamento do tráfico’ na Serra do Camburi que estava sendo utilizado para o preparo e endolação de drogas para serem vendidas nas comunidades do Plano e da Barreira, no bairro Monjolos, em Itaboraí, área controlado por Rodrigo Jaccoud.

Pelo Sistema de identificação Criminal, constam três anotações, sendo: 74ª DP – 01/04/2002 – artigo 121 – impronunciado – 4ª vara Criminal de São Gonçalo; 17ª DP – 31/12 – artigo 33 e 35 – condenado a pena de 4 anos – 35ª Vara Criminal e 71ª DP – 16/12/2010 – Artigo 33 e 35 da lei 11343/06.

(Atualizado em 29/05/2017)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
VEP - Vara de Execuções Penais
0363286-85.2011.8.19.0001
11/03/2014
1